Funcionários da Caixa encerram greve em São Paulo

Daniel Mello - Agência Brasil 27.09.2012 - 19h11 | Atualizado em 28.09.2012 - 08h53

Funcionários da Caixa Econômica Federal encerram greve

Funcionários da Caixa Econômica Federal encerram greve (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

São Paulo – Os funcionários da Caixa Econômica Federal representados pelo Sindicato São Paulo, Osasco e Região decidiram nesta quinta (27) encerrar a greve. Eles acompanharam a decisão dos colegas do Banco do Brasil e das instituições privadas que na quarta (26) já haviam aprovado o fim do movimento, retornando ao trabalho nesta quinta-feira.

Os bancários aceitaram a contraproposta da Federação Nacional de Bancos (Fenaban) que concede reajuste de 7,5% (2% de aumento real), elevação do piso da categoria e dos vales refeição e alimentação em 8,5% (2,95% de reajuste sobre a inflação).

A categoria reivindicava reajuste de 10,25%, o que significa 5% de aumento descontada a inflação do período. Antes da greve, os bancos tinham proposto elevar os salários da categoria em 6%, o que garantiria um ganho real de apenas 0,58%.

Em pouco mais de uma semana de greve o movimento conseguiu interromper as atividades em 9,3 mil agências de todo o país, segundo os sindicatos. Somente na região que engloba São Paulo, Osasco e mais 15 municípios, 35 mil bancários entraram em greve, pouco mais que 25% do total.

  • Direitos autorais: Creative Commons - CC BY 3.0