Digite sua busca e aperte enter


O principal tipo de dívida é a do cartão de crédito

Imagem:

Compartilhar:

Movimento com cartões de crédito e de débito cresceu em 2011

Criado em 18/10/12 17h16 e atualizado em 18/10/12 17h28
Por Stênio Ribeiro Edição:Fábio Massalli Fonte:Agência Brasil

Brasília – O número de cartões de crédito ativos diminuiu 1% no ano passado, em relação a 2010, depois de dez anos de crescimento contínuo, enquanto a base de cartões de débito cresceu 13%. Mas o número de transações avolumou-se em ambos. As operações na função crédito aumentaram 16,1%, e com débito imediato expandiram 22,7%. Somados os dois tipos de operações houve um crescimento médio de 19,4%.

Os dados constam de “adendo estatístico” ao Relatório sobre a Indústria de Cartões de Pagamento, elaborado pelo Banco Central (BC) e pela Secretaria de Acompanhamento Econômico (SAE) do Ministério da Fazenda. Os técnicos do BC e da SAE também observaram que, enquanto o número de cartões básicos diminuiu 5%, os cartões intermediários, premium e corporativos aumentaram 9%, 29% e 34%, respectivamente.

A concentração nos mercados de emissão e de credenciamento de cartões manteve-se praticamente inalterada no ano passado, com manutenção das taxas cobradas das lojas e da tarifa de intercâmbio repassada aos emissores. Em compensação, a receita dos emissores cresceu 18%, impulsionada pelo aumento médio de 15% nas tarifas de anuidade e pelo crescimento de cartões especiais.

Edição: Fábio Massalli

Creative Commons - CC BY 3.0
Fale com a Ouvidoria

Deixe seu comentário

Publicidade