Digite sua busca e aperte enter


Nesta quinta-feira (20), o Portal EBC realiza  a partir das 15h o bate-papo ao vivo "1964: os caminhos do Golpe"

Imagem:

Compartilhar:

Filho diz que Jango evitou divisão do Brasil

Criado em 18/03/14 14h36 e atualizado em 20/03/14 18h01
Por Portal EBC

Brasília – Para lembrar os 50 anos do Golpe de 1964, o Portal EBC realizou bate-papo ao vivo nesta quinta-feira (20) com a participação de João Vicente Goulart, filho do Jango e da professora Argelina Cheibub Figueiredo, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj). O hangout “Caminhos do Golpe” discutiu as condições políticas no momento em que os militares depuseram o presidente João Goulart e interromperam a democracia no país por 21 anos. "A grande vitória de Jango foi não ter resistido. Caso contrário, nós teríamos um país dividido", afirmou João Vicente.

Assista aqui ao bate-papo na íntegra

Leia também: Rubens Paiva defendeu legalidade do governo Jango no dia do Golpe de 64

O bate-papo foi mediado pela jornalista da TV Brasil Ana Graziela Aguiar.

A professora Argelina Cheibub Figueiredo do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (IESP-UERJ), lembrou o contetxo político que levaram ao golpe. Autora do livro Democracia ou reformas: alternativas democráticas à crise política 1961-1964, ela explicou que as reformas de base propostas por Jango foram importantes para deflagração do golpe. "O mundo era divido em duas áreas diferentes de influência política, era o período da Guerra Fria. As ideias progressiatas eram vistas como uma tendência à revoluação e ao comunismo. Era um ambiente muito polarizado", explicou.

João Vicente lembrou que tinha 7 anos quando ocorreu o Golpe e contou como o momento histórico afetou a vida de sua família. "Nós não tinhamos a dimensão da tragédia que estava se abatendo sobre a democracia, sobre nossa Constituição, e a dimensão que tomaria os longos anos de ditadura militar. Tivemos que sair às pressas e de um dia pro outro nos vimos no exílio, em um lugar diferente, com uma língua duiferente", lembrou. 

Creative Commons - CC BY 3.0
Fale com a Ouvidoria

Deixe seu comentário

Publicidade