X

Digite sua busca e aperte enter


Imagem: Divulgação

Compartilhar:

Saiba quais escolas desfilam no Grupo de Acesso do carnaval de São Paulo

Criado em 04/02/16 13h16 e atualizado em 12/02/16 11h16

Confira no vídeo abaixo o resumo dos desfiles das escolas do Grupo de Acesso em São Paulo:

Creative Commons - CC BY 3.0 - Desfiles do grupo de acesso em São Paulo

A TV Brasil vai transmitir os desfiles das escolas de samba do Grupo de Acesso de São Paulo para todo o estado, neste domingo (7), a partir das 21h, direto do Sambódromo do Anhembi. Nove agremiações brigam por um lugar ao sol no Grupo Especial do carnaval paulista, no ano que vem.

E na sexta que vem (12), tem Desfile das Campeãs na TV Brasil, no qual desfilam as duas primeiras colocadas do Grupo de Acesso e as cinco melhor classificadas do Grupo Especial.

Escolas de samba de tradição, como Mancha Verde, Camisa Verde e Branca e Leandro de Itaquera vão pisar na passarela para sacudir a avenida. Os quesitos avaliados são enredo, samba-enredo, bateria, fantasia, alegorias e harmonia.

As agremiações que disputam vaga no Grupo Especial são:

21h: Barroca Zona Sul

Com a responsabilidade de abrir os desfiles do Grupo de Acesso em 2016, a tradicional Barroca Zona Sul levará para o Sambódromo do Anhembi, no domingo de Carnaval, o enredo "Bakhita". De autoria do filósofo e teólogo Wagner Augusto Silveira o tema que foi selecionado entre mais trinta opções de enredo, trata de Josefina Bakhita, sudanesa, primeira santa cristã negra dos tempos atuais. Na voz de Rodrigo Xará, o canto do samba dos poetas Vagner Almeida, Vermelho, Ney Nunes, Zeca e Kike Toledo promete empolgar a avenida.

22h: Tom Maior

Após uma década integrando a divisão de elite do Carnaval de São Paulo, em 2015 a escola amargou o rebaixamento para o Acesso. Nesse contexto, a Tom Maior está unida para dar a volta por cima e conquistar novamente seu espaço no Grupo Especial. Soma-se ao desejo de voltar para a divisão principal da folia, a responsabilidade de cantar um dos maiores artistas da música popular brasileira, Milton Nascimento, tema do enredo assinado pelo carnavalesco Claudio Cavalcante, o Cebola. O samba, assinado pelos compositores Maradona,Turko, Paulinho Miranda, Ricardo Neto, Celsinho Mody e Léo Reis, será um dos mais cantados na avenida.

23h: Colorado do Brás

Afastada do Grupo Especial desde 1993, a vermelha e branca vem para a avenida com o enredo “Transformando a química da Vida”. O samba enredo, composto pelos autores Marcos Thiago Motta, Cacá Camargo e Raphael Maslionis, será interpretado no Sambódromo do Anhembi por Chitão Martins, a voz oficial da vermelha e branca, e embalado pelo ritmo conduzido pela dupla de mestres de bateria, Anderson Luiz, o Bola, e Allan Meira.

0h: Morro da Casa Verde

Quarta escola a desfilar na avenida, a escola de samba Morro da Casa Verde aposta em temática afro para 2016, quando busca uma vaga na divisão de elite do Carnaval paulistano. Com o enredo; "Mvemba-a-Nizinga - Dom Afonso I, um rei cristão no império africano do Congo", o desfile será desenvolvido pelo carnavalesco Marcello Portella, que faz sua estreia na verde e rosa. O samba escolhido é de autoria dos compositores Thiago SP, Rodrigo Atração, Ricardo Pais, Edson Liz, Godói, Gordinho, Celson Mody, Betão e Tigrão.

1h: Camisa Verde e Branco

Para voltar ao Grupo Especial, onde foi nove vezes campeã, a Camisa Verde e Branco entrará na avenida com o enredo “Nas águas sagradas de Oxum, Iemanjá e Oxalá, Camisa Verde dá um banho de alegria”. A bateria, chamada "Furiosa", de mestre Fernando Neninho, acompanhará o samba, considerado um dos mais belos da safra. De autoria dos compositores Denny Gomes, Silas Augusto, Chanel, Almir Menezes, Luciano Rosa e Calado, será interpretado na avenida por Tiganá, que completa seu segundo ano como voz oficial da verde e branca. Com este samba, a escola promete dar um banho de alegria na pista do Anhembi.

2h: Mancha Verde

A escola de samba Mancha Verde está apostando na reedição do enredo que apresentou em 2005 para buscar seu retorno ao Grupo Especial paulistano. "Mato Grosso, uma Mancha Verde no coração do Brasil" é o tema da agremiação para a disputa no Acesso em 2016. O Carnaval da verde e branca sobre o estado do Centro-Oeste brasileiro, rendeu, há quase uma década, a décima segunda colocação para a agremiação, e foi desenvolvido, na ocasião, por Eduardo Caetano. A reedição do desfile em 2016 está sob a responsabilidade de Pedro Alexandre, o Magoo, novo carnavalesco da Mancha.

3h: Imperador do Ipiranga

Engasgada com o amargo sétimo lugar obtido no concurso em 2015 e que quase conduziu a escola para o Grupo 1 da Uesp, a entidade presidida por Eduardo de Lukas quer reverter as classificações intermediárias, que acumula nos últimos anos no Acesso, com o enredo “A Imperador reluz esperança com… Don Quixote de La Mancha”. E caberá ao carnavalesco Fabio Gouveia chamar a comunidade do Ipiranga para pisar forte na avenida.

4h: Leandro de Itaquera

A agremiação pisará o Sambódromo do Anhembi com o enredo “Rainhas de todos nós, mulheres guerreiras! Ê, Baiana… Com suas bênçãos, a Leandro conta sua história e celebra o centenário do samba”. A apresentação da escola será embalada pelo empolgante samba dos autores Didi Poeta, Juninho Branco, Camillo, Sukatinha, Acioli, André Valencio, Diley Filosofia, Tubino e Meiners.

5h: Independente Tricolor

Última escola a fechar os desfiles do Grupo de Acesso, a Independente Tricolor entrará na avenida com o enredo “O que conta no faz de conta”. No comando do canto da escola, o trio de intérpretes formado por Pê Santana, Vaguinho e Rafael Pínah contará com a sustentação do ritmo feita pela bateria de mestre Kinkas. A agremiação confia na vibração de muitos torcedores tricolores espalhados pelas arquibancadas do Anhembi carregando faixas e bandeiras nas cores vermelha, preta e branca.

Creative Commons - CC BY 3.0
Fale com a Ouvidoria

Deixe seu comentário