Digite sua busca e aperte enter


Golpe Militar de 64

Imagem:

Compartilhar:

Como o golpe de 1964 pode cair no Enem?

Criado em 30/10/14 16h05 e atualizado em 30/10/14 18h07
Por Todas as Vozes Fonte:Rádio MEC AM

O cinquentenário do Golpe Militar traz reflexões sobre um dos períodos mais conturbados do país. A ditadura estabelecida em 1º de abril de 1964 encerrou o governo do presidente João Goulart e desencadeou profundas alterações na vida social e política dos brasileiros. ''O Enem é uma prova que privilegia a capacidade de análise e de raciocínio dos estudantes. Não é um exame que cobra somente datas, nomes e eventos. Por isso o cenário social que propiciou esse acontecimento é muito importante''. A afirmação é da jornalista Nina Basílio, coordenadora do portal Mande Bem no Enem, durante entrevista ao programa Todas as Vozes.

Saiba que outros temas também podem ser cobrados no exame

Prepare-se para as provas usando o aplicativo Questões Enem

Importantes segmentos da sociedade tiveram papel fundamental na tomada de poder pelos militares. A Marcha da Família com Deus pela Liberdade, promovida pelo setor conservador da Igreja Católica, já antecipava o clima de tensão vivido na época. Além disso, houve a adesão de setores específicos da sociedade. ''Desde o fim da República Velha, o povo brasileiro começa a se organizar em busca de direitos sociais. Com isso cresce a inquietação dos proprietários rurais, da burguesia industrial e das classes médias que ficam com medo do comunismo'', explica Nina.

Com o passar dos anos, houve o endurecimento do regime, com ampla censura aos meios de comunicação e violenta repressão a ideias políticas contrárias à ordem estabelecida. ''O AI-5 acabou com qualquer esperança de liberdade que houvesse. É um movimento que começa com o Golpe e toma para si o poder absoluto. Em um primeiro instante não houve muita resistência e mesmo grande parte da imprensa foi a favor. Com o passar do tempo, começa a desconfiança e resistência aos militares, alimentando o endurecimento do regime'', diz a jornalista. Os Atos Institucionais emitidos alteravam a composição jurídica conforme a vontade dos militares. O ápice da série de decretos foi o Ato Institucional Número 5, o AI-5. Redigido em 1968, promoveu o fechamento do Congresso Nacional, além de ordenar a liberdade vigiada e o domicílio determinado, entre outras privações civis.

Ouça o áudio da entrevista completa no player abaixo e fique preparado para o Enem:

Creative Commons - CC BY 3.0 -

 

O quadro Pode cair no Enem é apresentado durante o programa Todas as Vozes pela Rádio MEC AM em parceria com o Portal EBC, todas às segundas-feiras às 9h.

 

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário