Digite sua busca e aperte enter


Imagem:

Compartilhar:

ONU afirma que apenas 33% dos países atingiram metas de educação global

Criado em 10/04/15 11h29 e atualizado em 10/04/15 11h43
Por Edgard Júnior Fonte:Rádio ONU

O relatório sobre Monitoramento Global da Educação para Todos mostrou que apenas 33% dos países conseguiram atingir as metas sobre o setor estipuladas em 2000 e que deveriam ser cumpridas até 2015.

O documento, preparado pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, diz ainda que apenas metade das nações conseguiu alcançar o principal objetivo de novas matrículas na escola primária.

Creative Commons - CC BY 3.0 - ONU afirma que apenas 33% dos países atingiram metas de educação global

Novas Metas

Isso significa que quase 100 milhões de crianças não vão finalizar o ensino primário em 2015. Mas, ao mesmo tempo, a Unesco cita um importante progresso. Segundo a agência, comparado a 1999, mais 50 milhões de crianças frequentam atualmente a escola.

Em relação ao segundo grau, 46% dos países conseguiram atingir a meta de novas matrículas, mas o documento diz que um terço dos adolescentes nas nações mais pobres não vai completar o curso.

A redução em 50% do analfabetismo entre adultos comparados aos índices de 2000 só vai ser alcançada por 25% dos países. Já a paridade de gênero teve um desempenho melhor, com 69%.

O documento mostra que o casamento infantil e a gravidez precoce continuam impedindo o progresso das meninas na educação. A Unesco diz ainda que a taxa de professor-aluno diminuiu em 121 dos 146 países entre 1990 e 2012.

Apesar disso, o relatório afirma que são necessários mais 4 milhões de professores para atender todas as crianças que devem frequentar a sala de aula.

Segundo os especialistas, serão necessários mais US$ 22 bilhões ao ano, o equivalente a R$ 68 bilhões, em contribuições dos governos para que as novas metas de educação sejam alcançadas, agora com um novo prazo, até 2030.

Progresso

A diretora-geral da organização, Irina Bokova, afirmou que "o mundo alcançou um tremendo progresso em relação à Educação para Todos".

Bokova disse que apesar de não atingir as metas em 2015, milhões a mais de crianças estão na escola atualmente do que se a tendência vista nos anos 90 continuasse.

Ela alertou que a agenda de educação está longe de ser cumprida e que são necessárias estratégias específicas e com os fundos para priorizar os mais pobres, especialmente as meninas.

A Unesco informou que de 205 países, 115 enviaram os dados necessários para que a agência pudesse fazer o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação, IDE.

Brasil

Na lista preparada pela organização, os cinco países com os melhores resultados são: Reino Unido, Japão, Noruega, Suíça e Finlândia. Cuba teve o melhor desempenho entre os países das Américas, ficando em 28º lugar, à frente dos Estados Unidos, que ficou na 36ª posição.

O Brasil não aparece na lista por não ter enviado todas as informações necessárias, mas o relatório cita o país em vários setores.

Segundo a Unesco, entre 1995 e 2004 o Brasil tinha 89% da população acima dos 15 anos alfabetizada. Esse índice subiu para 91% entre 2005 e 2012 e deve atingir 93% neste ano.

O relatório mostra que no grupo entre 15 e 24 anos, o índice de alfabetização é muito maior, chegou a 99%.

Essa é a mesma taxa alcançada em relação à vacinação de crianças com menos de 1 ano contra pólio, sarampo, hepatite e a BCG, para combater a tuberculose.

Dois outros dados importantes do documento mostram que o índice de recém nascidos abaixo do peso é de 8% e o de nanismo entre crianças menores de cinco anos é de 7%.

O relatório da Unesco foi lançado um mês antes do Fórum Mundial de Educação, que vai acontecer em maio na cidade de Incheon, na Coreia do Sul.

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário