Digite sua busca e aperte enter


Compartilhar:

Planos de educação estarão prontos em alguns meses, diz ministro

Criado em 24/06/15 15h20 e atualizado em 24/06/15 23h15
Por Mariana Tokarnia* Edição:Beto Coura Fonte:Agência Brasil

O ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, disse que a maioria dos estados e municípios não cumpriu a meta de aprovar seus planos de educação até hoje (24). Mesmo com atraso, o ministro acredita que os planos estarão todos prontos em alguns meses.

O portal Planejando a Próxima Década do Ministério da Educação mostra que seis estados sancionaram as leis: o Pará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul; Rondônia, o Maranhão e a Paraíba. Entre os municípios, 2.693 estão com as leis sancionadas.

“Hoje de fato completa o prazo, mas o ministério tem ajudado muito na discussão das leis e a preocupação principal do Brasil não é que sejam aprovadas de qualquer jeito, mas que emanem de uma boa discussão”, disse Janine, após encontro com o presidente do Senado, Renan Calheiros.

Os planos estaduais e municipais de educação estão previstos no Plano Nacional de Educação, sancionado no ano passado pela presidenta Dilma Rousseff. O documento traça metas a serem cumpridas nos próximos dez anos.

As metas vão desde a inclusão de crianças e adolescentes na escola até a pós-graduação. Trata da valorização do professor e dos investimentos em educação, que até 2024 deverão ser de, no mínimo, equivalentes a 10% do Produto Interno Bruto. Atualmente o investimento na área é 6,6%.

Pela lei, os planos locais têm até esta quarta-feira para serem sancionados. Os planos municipais e estaduais devem, de acordo com a realidade local, estabelecer estratégias para o cumprimento de cada uma das metas do plano nacional.

"[A situação] não preocupa muito porque faz parte do próprio plano. É um erro pensar que o plano só começa a ser executado quando as leis são votadas; o plano é um organismo vivo", disse o ministro.

 

*Colaborou Ivan Richard

 

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário