Digite sua busca e aperte enter


Os portões para entrada dos candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão abertos às 12h e fecham às 13h

Imagem: José Cruz/Agência Brasil

Compartilhar:

Caiu no Enem: professores comentam provas do 1º dia e arriscam temas da redação deste domingo

Criado em 05/11/16 22h42 e atualizado em 06/11/16 01h58
Por Da redação

Neste final de semana da aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) transmite pela web, rádio e TV o programa Caiu no Enem. Professores convidados vão comentar a prova e destacar quais foram os principais temas cobrados, as surpresas e expectativas da edição 2016 do exame.

O programa será transmitido ao vivo pelo Portal EBC, pela Rádio Nacional, Rádio MEC e TV Brasil no sábado, dia 5 de novembro, às 21h30, e no domingo, 6 de novembro, às 20h. 

Confira o programa deste sábado na íntegra:

Leia também na Agência Brasil:

Enem aborda questões de gênero, refugiados, escravidão e ditaduras latinas

Caiu no Enem deste sábado (5) trouxe os comentários de professores que trataram das 90 questões do primeiro dia de provas.

Os docentes responderam perguntas das áreas de "Ciências Humanas e suas tecnologias" e "Ciências da Natureza e suas tecnologias" e teceram comentários sobre os possíveis temas da redação neste domingo (6).

Participe pela web

Quem quiser poderá ainda acompanhar o programa pelo perfil da EBC no Facebook, o EBC na Rede, onde poderá deixar suas perguntas sobre o Enem nos comentários da transmissão.

Perguntas e comentários também poderão ser enviadas pelo Twitter, usando a hashtag #CaiuNoEnem. As perguntas e comentários mais interessantes irão aparecer na tela do programa.

Além disso, a equipe do Portal EBC fará transmissões ao vivo pelo Periscope (@ebcnarede) contando detalhes das provas antes do programa.. 

Confira a íntegra dos programas dos anos anteriores:

Caiu no Enem 2014

Caiu no Enem 2015

Dando uma mãozinha 

Com o objetivo de apoiar estudantes para o Enem, o Portal EBC desenvolveu em 2013 a ferramenta "Questões Enem" e desde então vem ampliando serviços destinados ao melhor aproveitamento do exame. Pelo sistema, o estudante pode resolver mais de 2 mil questões de provas aplicadas entre 2009 e 2015, selecionando as disciplinas de seu interesse e mensurando seu desempenho em cada uma delas. A ferramenta inclui os itens da aplicação regular e da prova que é aplicada nos presídios e unidades de internação, o chamado Enem para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL).

Já no boletim diário “Minuto Enem”, veiculado ao longo da programação da Rádio Nacional e da Rádio MEC, são oferecidas dicas rápidas sobre os principais pontos a serem estudados e lembrados em cada disciplina e as informações mais importantes do edital.

Fique de olho

No fim de semana dos dias 5 e 6 de novembro, mais de 8,6 milhões de candidatos farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em mais de 1,7 mil cidades. 

Nos dois dias de prova, os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. Os estudantes devem ficar atentos ao horário de verão e verificar na localidade onde moram o horário exato do exame. As provas começam a ser aplicadas às 13h30.

No primeiro dia, serão realizadas as provas de ciências humanas e de ciências da natureza, com duração de quatro horas e meia. No segundo dia, os participantes terão cinco horas e meia para resolver questões de linguagens e códigos, redação e matemática.

De acordo com o edital do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), os gabaritos oficiais das provas objetivas serão divulgados no site do Enem até 9 de novembro. Os resultados individuais ainda não têm data confirmada para divulgação.

A nota do Enem é usada na seleção para vagas em instituições públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu); bolsas na educação superior privada, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni); além de ser requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Para pessoas maiores de 18 anos, o Enem pode ser usado como certificação do ensino médio.

Creative Commons - CC BY 3.0
Fale com a Ouvidoria

Deixe seu comentário

Publicidade