Digite sua busca e aperte enter


Final do Brasiliense

Imagem:

Compartilhar:

Luziânia vence o Brasília por 3 a 2 e fica mais perto do título de campeão candango

Criado em 10/05/14 15h08 e atualizado em 10/05/14 18h33
Por Nathália Mendes Fonte:Portal EBC

O Luziânia está perto de fazer história e se tornar o primeiro time de um estado a vencer o campeonato de outra unidade da federação - no caso, um time goiano sendo o melhor do torneio do Distrito Federal. O azulino, que teve a melhor campanha na fase de classificação, venceu o Brasília por 3 a 2 no Mané Garrincha, no primeiro jogo da grande decisão. O time da cidade de Luziânia (GO) agora pode perder por até um gol de diferença que mesmo assim fica com a taça de campeão. O jogo de volta acontece no próximo sábado (17), às 16h, também na arena de Brasília.

O Luziânia mexeu no placar logo com 7 minutos de bola rolando: Thompson cruzou rasteiro e o sistema defensivo do Brasília falhou, batendo cabeça e deixando o centroavante Chefe livre para conferir. Ele só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes, aproveitando que o goleiro Artur também não foi na bola.

A resposta do Brasília foi rápida, e em alto nível: aos 11 minutos, Alequito arriscou da entrada da grande área. E ele acertou um chute forte, de trivela, que entrou no ângulo superior esquerdo da meta defendida por Edimar. Um golaço no Mané Garrincha, que deixou o jogo empatado.

Apesar de poder jogar por dois empates e ainda ficar com o título, o Luziânia não se acomodou e continuou atacando o Colorado. E os goianos retomaram a dianteira no placar aos 22 minutos, após jogada tramada por Max Pardalzinho e Chefe, pela direita. A conclusão ficou a cargo de Pardalzinho, depois que o camisa 9 escorou de peito, para o chute a gol do companheiro.

E Rodriguinho fez o terceiro, com 32 minutos da etapa inicial, ampliando a vantagem do Luziânia no jogo. O gol foi marcado depois que Rafinha cruzou pela esquerda, e o experiente atacante, bem posicionado, conferiu de chapa.

Por conta do resultado que o rival construiu no primeiro tempo, o Brasília voltou para o segundo tempo disposto a correr atrás do prejuízo. E o campeão da Copa Verde - que está com vaga garantida na Sul-Americana do ano que vem, mas briga para jogar a Série D deste ano - partiu para cima do Luziânia, pressionando a equipe goiana.

O Luziânia conseguiu suportar bem as investidas do Brasília, e passou a jogar no contra-ataque. Apesar disso, o Luziânia chegou pouco ao gol defendido por Artur. Mesmo melhor na etapa final, o Brasília esbarrava na defesa azulina, o que deixou o time impaciente. Apesar de perder a cabeça em divididas, o Brasília continuou insistindo e cercando a área do Luziânia, na tentativa de diminuir a diferença no placar.

E a insistência acabou premiada no último lance do jogo: já com um homem a mais, depois que Aldo foi expulso, o Brasília teve uma falta a seu favor. E o zagueiro André Nunes aproveitou sobra, depois que a bola foi alçada na área, para chutar e fazer o segundo gol do Brasília no jogo, aos 49 minutos do segundo tempo. O gol no final aumenta as chances do Brasília de reverter a vantagem do Luziânia no jogo de volta, apesar do Luziânia ter dado um importante passo em direção ao título com a vitória.

Creative Commons - CC BY 3.0

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Deixe seu comentário

Publicidade