Digite sua busca e aperte enter


Além da taça de campeão, o vencedor da Copa Sul-Americana garante vaga na Libertadores de 2015, na Recopa Sul-Americana e vai representar o continente na Copa Suruga

Imagem:

Compartilhar:

Confira o regulamento da Copa Sul-Americana de 2014

Criado em 28/08/14 16h53 e atualizado em 03/09/14 20h00
Por Portal EBC

A Copa Sul-Americana é considerado o segundo torneio de clubes mais importante da América do Sul. O torneio, que é organizado pela Conmebol, começou a ser disputado em 2002 e acontece sempre no segundo semestre do ano. Em sua 13ª edição, 47 times brigam pelo título e uma vaga para a Libertadores de 2015. O vencedor ainda joga contra o campeão da Libertadores de 2014, o San Lorenzo, valendo o título da Recopa Sul-Americana, e vai representar o continente na Copa Suruga, jogo único disputado contra o campeão do Japão.

Pelo regulamento, o Lanús, que venceu a edição passada, entra diretamente nas oitavas de final da competição. O Brasil é o país com o maior número de times no torneio: oito, no total. Depois vem a Argentina, com mais seis equipes, além do atual campeão. Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela contam com quatro times, cada.

Cada federação pode determinar o critério de classificação das equipes que vão participar da Sul-Americana. No caso das equipes brasileiras, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) apontou que as vagas ficariam com o campeão da Copa do Nordeste e os melhores classificados do Campeonato Brasileiro de 2013 que não avançaram para as oitavas de final da Copa do Brasil deste ano.

Desta forma, os times que vão representar o Brasil na Sul-Americana são: Sport (campeão da Copa do Nordeste), Vitória (5º colocado no Campeonato Brasileiro), Goiás (6º colocado no Campeonato Brasileiro), São Paulo (9º colocado no Campeonato Brasileiro), Bahia (12º colocado no Campeonato Brasileiro), Internacional (13º colocado no Campeonato Brasileiro), Criciúma (14º colocado no Campeonato Brasileiro) e Fluminense (15º colocado no Campeonato Brasileiro).

Os times brasileiros e argentinos jogam apenas na segunda fase da Sul-Americana. Na primeira, os 32 times dos demais países são divididos em duas zonas geográficas – norte, com Colômbia, Equador, Peru e Venezuela e sul, com Chile, Uruguai, Paraguai e Bolívia. Nesta fase, não é permitido que haja um confronto entre dois times de um mesmo país.

Primeiro, serão definidos, por sorteio, os duelos da zona sul entre as equipes classificadas em 4° lugar, que enfrentarão as que estiverem em 1º. Logo, as equipes classificadas em 3º disputarão com as em 2º. Os duelos da zona norte serão definidos pelo mesmo procedimento.

Quem passar para a segunda fase joga entre si, em confrontos apontados por sorteio. É a partir da segunda fase que as equipes brasileiras estreiam, em duelos nacionais com cruzamentos já definidos: Brasil 8 x Brasil 1, Brasil 7 x Brasil 2, Brasil 6 x Brasil 3 e Brasil 5 x Brasil 4.

As oitavas de final serão jogadas pelos que se classificarem entre os times das zonas sul e norte, além dos brasileiros e argentinos. A partir daí, segue o sistema eliminatório, com quartas de final, semifinal e final. Desde a primeira fase, a Copa Sul-Americana é disputada com jogos de ida e volta, tendo como critério de desempate o saldo de gols e o gol marcado fora de casa.

O campeonato começou no dia 19 de agosto, com os primeiros jogos da fase eliminatória. O calendário da Conmebol prevê que as finais serão disputadas nos dias 3 e 10 de dezembro.

 

1ª Fase | 2ª Fase | Oitavas de final | Quartas de final | Semifinal | Final

Creative Commons - CC BY 3.0

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Deixe seu comentário

Publicidade