Digite sua busca e aperte enter


Imagem: Governo Brasileiro / Divulgação

Compartilhar:

Saiba como assistir aos Jogos Paralímpicos Rio 2016

Criado em 23/08/16 12h18 e atualizado em 26/08/16 15h03
Por EBC

Os Jogos Paralímpicos Rio 2016 começam no dia 7 de setembro, no Rio de Janeiro, com a participação de mais de 4,35 mil atletas de 178 países em 22 modalidades. E os veículos da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) estão preparando a cobertura que mostrará as competições durante os 11 dias de evento até a cerimônia de encerramento no domingo, dia 18/9.

Com o slogan "O canal das Paralimpíadas", a TV Brasil e emissoras parceiras da Rede Pública de Televisão transmitem as cerimônias de abertura e de encerramento dos Jogos, além das principais provas do evento. No Portal EBC, haverá notícias sobre a competição publicadas em tempo real,  além de uma agenda com os jogos que serão transmitidos e de um quadro de medalhas da competição. A Agência Brasil e as Rádios EBC também participam da cobertura, informando aos leitores e ouvintes as últimas notícias das modalidades. 

Detalhes da cobertura estarão também nas redes sociais, nos perfis @tvbrasil e @ebcnarede do Twitter e Facebook, e poderão ser acompanhados pela hashtag #VemPraPara.

Saiba como sintonizar a TV Brasil na sua cidade

Edição histórica

Jogando em casa, a expectativa do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) é de que os brasileiros conquistem a quinta posição geral no quadro de medalhas. Entre os atletas com grandes chances de subir no pódio estão Daniel Dias, Andre Brasil, Phelipe Rodrigues, da natação; Terezinha Guilhermina, Shirlene Coelho, Silvânia Costa, Yohansson do Nascimento, Alan Fonteles e Odair Santos, pelo atletismo e Maciel Santos, na bocha. As seleções do futebol de 5 e goalball masculino também aparecem como favoritas nas disputas por medalhas.

Daniel Dias exibe credencial de atleta para os Jogos Paralímpicos
Daniel Dias exibe credencial de atleta para os Jogos Paralímpicos. Foto: ©Daniel Zappe/MPIX/CPB


Nos Jogos de Londres, em 2012, a delegação brasileira alcançou a sétima colocação, com 21 ouros e 43 medalhas no total. Para melhorar o rendimento este ano, será preciso ganhar ao menos mais dez provas.
 
O CPB aponta alguns destaques para as competições: Bruna Alexandre, do tênis de mesa; Ítalo Gomes e Matheus Rheine, da natação; Verônica Hipólito, Alex Pires, Daniel Martins, Lorena Spoladore, Petrucio Ferreira e Mateus Evangelista, do atletismo; Luiz Carlos Cardoso, da canoagem; e as equipes de Futebol de 7 e vôlei sentado masculino.
 
Com regras e categorias específicas para cada tipo de deficiência, as Paralimpíadas distribuem mais medalhas do que as próprias Olimpíadas: serão exatas 526 provas em toda a competição.

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário