Digite sua busca e aperte enter


Crianças interagem durante a leitura

Imagem:

Compartilhar:

Festival Itinerante leva literatura para bebês no DF

Criado em 21/08/13 13h29 e atualizado em 23/08/13 13h39
Por Adriana Franzin/EBC

Festival Itinerante leva literatura para bebês no DF
Crianças interagem durante leitura (Adriana Franzin/EBC)

Pesquisas científicas já provam que bebês muito pequenos são capazes de compreender certas abstrações. Uma competência que, se bem estimulada, pode ajudar, inclusive, a lidar melhor com a ausência da mãe, por exemplo. A habilidade é especialmente favorecida com a prática da leitura. É isso que defendem os escritores e artistas que desenvolvem projetos voltados para o público de primeira infância. Um deles, o Festival Itinerante de Leitura, tem a intenção de propor essa oportunidade para um público bem específico: bebês da periferia do Distrito Federal.

Festival Itinerante leva literatura para bebês no DF 2
(Adriana Franzin/EBC)

A coordenadora do projeto e escritora de dezoito livros infantis Alessandra Roscoe afirma que além de criar um vínculo entre pais, mães e filhos (ou educadores e crianças), o hábito da leitura é estabelecido com a familiaridade, com a brincadeira, com a fantasia. Por isso, ela decidiu levar isso a crianças que não têm acesso tão fácil aos livros: "As crianças que vivem no entorno são, geralmente, mais carentes. Elas passam o dia nas creches, longe das famílias. Os pais, muitas vezes, não têm tempo, ou desconhecem a importância de proporcionar esse momento a elas". 

Neste vídeo, ela explica por que a leitura é importante para as crianças pequenas:

Creative Commons - CC BY 3.0 -

O projeto itinerante, foi inaugurado em uma creche pública do Varjão. A atração principal foi a encenação "O fio do invisível construindo memórias e afetos: jogos cênicos a partir do livro Caixinha de Guardar o Tempo". A apresentação feita em conjunto por Carlos Laredo e Clarice Cardell, da companhia teatral para bebês La Casa Incierta, da Espanha, e Alessandra Roscoe ativou a imaginação das crianças e emocionou as educadoras ao sugerir que todos guardassem em caixinhas imaginárias lembranças de momentos felizes, de saudades de pessoas queridas, de cheiro de doce na panela, de folha verde, de chulé e de chiclete e do que mais as crianças quisessem colocar. As memórias foram sendo costuradas com agulhas douradas e fios imaginários em uma grande colcha de retalhos que foi guardada, a exemplo do que fez a personagem Sofia, do livro de Roscoe. 

A primeira fase do projeto continua na sexta-feira, com a oficina "A leitura como vínculo afetivo e construção de memórias", destinada a mediadores, professores, pais e cuidadores de idosos. Além de Alessandra Roscoe,  participam Ana Paula Bernardes( coordenadora dos Roedores de Livros- DF), Marília Pirillo ( escritora/ Ilustadora – RJ) e  Tino Freitas ( escritor – DF). 

Ouça a entrevista que Alessandra Roscoe deu ao programa Cotidiano, da Rádio Nacional AM de Brasília, sobre o projeto:

Creative Commons - CC BY 3.0 -

A ação também prevê a realização de atividades gratuitas em feiras livres, parques e praças de diversas regiões administrativas do DF, além de oficinas de mediação de leituras para bebês e idosos, rodas de histórias e cantigas, performances de ilustração e apresentações em creches públicas e asilos.

A segunda etapa será realizada de 27 a 29 de setembro e passará por Paranoá, São Sebastião, Lago Sul e Plano Piloto. A edição conta com as participações do escritor e ilustrador André Neves (vencedor do Jabuti de literatura infantil em 2012) e do escritor mineiro Leo Cunha, premiado e autor de mais de 30 livros infantis e juvenis.

Confira a programação de agosto:

Dia 23/08 - Sexta-feira
15h00 às 18h00 – Auditório da Biblioteca Nacional de Brasília
Oficina : A leitura como vínculo afetivo e construção de memórias,
destinada a mediadores, professores, pais e cuidadores de idosos, com Alessandra Roscoe, ( escritora – DF), Ana Paula Bernardes( coordenadora dos Roedores de Livros- DF), Marília Pirillo ( escritora/ Ilustadora – RJ) e  Tino Freitas ( escritor – DF). Inscrições somente por email: alessandraroscoe@uol.com.br A oficina é gratuita, mas há limite de vagas, interessados devem encaminhar para o email acima, os seguintes dados:
Nome e endereço completos, telefones e email para contato, RG, CPF e profissão.

Dia 24/08 - Sábado
10h00 – Espaço do Roedores de Livros no Shopping Popular da Ceilândia
Leituras públicas para bebês, crianças e famílias com Alessandra Roscoe ( DF) , Jonas Ribeiro (SP) e Marília Pirillo (RJ)

16h00 – No Vão da Biblioteca Nacional 
Roda de Histórias e Cantigas com Alessandra Roscoe (DF), Jonas Ribeiro (SP), Marília Pirillo (RJ) e Tino Freitas (DF) e convidados. Aberta ao público em geral, a roda será interativa e com a participação do público e terá leituras, música, contações de história e performance de ilustração.

Dia 25/08 - Domingo
10h00 – No Taguaparque em Taguatinga
Leituras Públicas para idosos – Alessandra Roscoe (DF), Jonas Ribeiro (SP) e Marília Pirillo (RJ) irão partilhar histórias e leituras tendo como foco a memória.

Toda a programação do Festival é gratuita. Mais informações aqui.

Creative Commons - CC BY 3.0
Fale com a Ouvidoria

Deixe seu comentário

Publicidade