Digite sua busca e aperte enter


Compartilhar:

Entenda o temperamento do seu filho

Criado em 10/02/15 10h44 e atualizado em 10/02/15 11h00
Por Enciclopédia da Criança

Desde o nascimento, a criança possui suas próprias características de personalidade. Algumas sorriem e são curiosas, outras são irritadiças e temerosas. Mesmo bebês com poucas semanas de vida apresentam diferenças.

O temperamento desenvolve-se desde cedo, sendo influenciado pela biologia e pelas experiências vividas pela criança (ex. relações parentais). Algumas características do temperamento incluem:
– Nível de atividade: quão (hiper) ativo é seu filho?
– Sentimentos positivos: com que frequência seu filho ri ou sorri na presença de outras pessoas?
– Sentimentos negativos: seu filho fica frustrado, triste, irritado ou com medo com facilidade?
– Reações ao desconhecido: seu filho sente-se confortável na presença de estranhos e de situações novas?
– Nível de atenção e concentração: quão bem seu filho presta atenção e concentra-se em uma tarefa?

O temperamento da criança tem impacto sobre como ela se relaciona com os outros, sobre sua saúde mental e seu desempenho escolar. A criança temerosa e inibida tende a compreender melhor os sentimentos de outras pessoas, mas também tem maior probabilidade de tornar-se ansiosa e depressiva.

Já crianças que aprendem a gerenciar seus impulsos, conseguem prestar atenção por períodos mais longos e permanecerem concentradas em uma tarefa. Felizmente, mesmo se uma criança nasce com uma tendência de temperamento específica, ela pode aprender a melhorar os aspectos mais difíceis. Algumas características resultantes do temperamento e desenvolvimento da criança (ex. impulsividade e medo), podem mudar naturalmente ao longo do tempo ou por meio de intervenções.

Diferentes estratégias dos pais funcionam melhor para crianças com determinadas características de personalidade. Os pais podem ajudar seu filho, aprendendo a conhecer seu temperamento e adaptando sua maneira de agir e suas exigências em relação à criança.

O que pode ser feito?

Prestando atenção  à maneira como seu bebê reage aos sons, visões e cheiros desconhecidos, observe seu bebê: ele se aproxima ou evita as novas situações?  Tente compreender a personalidade de seu filho. Esteja aberto a mudanças na interação com seu bebê baseado no temperamento dele. Estimule-o a explorar novos ambientes e situações. Tente não ser superprotetor. Seja gentil com seu filho quando for necessário discipliná-lo. Construa um apego seguro com seu filho. Seja sensível aos sentimentos e necessidades do seu filho. Estabeleça limites firmes. Garanta a consistência de sua rotina diária. Seja afetuoso e amoroso nas estratégias de disciplina. Discipline de forma consistente. Seja gentil e calmo ao discipliná-lo. Elogie-o e recompense-o por seu bom comportamento (ex. Bom trabalho! Você realmente se esforçou para construir essa torre!). Ensine comportamentos que são socialmente mais aceitáveis e dê o exemplo. Considere intervenções específicas, incluindo treinar seu filho para desenvolver habilidades de autocontrole, se você achar necessário. Procure apoio e informação para aprender sobre estratégias parentais eficazes para melhorar os comportamentos positivos de seu filho.

Se seu filho é tímido, temeroso e retraído quando enfrenta novas situações ou pessoas desconhecidas

Estimule-o a explorar novos ambientes e situações. Tente não ser superprotetor. Seja gentil com seu filho quando for necessário discipliná-lo. Construa um apego seguro com seu filho. Seja sensível aos sentimentos e necessidades do seu filho.

Se seu filho é destemido e corre muitos riscos

Estabeleça limites firmes. Garanta a consistência de sua rotina diária. Seja afetuoso e amoroso nas estratégias de disciplina.

Se seu filho age antes de pensar (se ele é impulsivo) ou se seu filho tem dificuldade em prestar atenção ou ficar concentrado em uma tarefa

Discipline de forma consistente. Seja gentil e calmo ao discipliná-lo. Elogie-o e recompense-o por seu bom comportamento (ex. Bom trabalho! Você realmente se esforçou para construir essa torre!).

Se seu filho mostra-se frequentemente agitado quando é hora de ficar calmo e quieto

Ensine comportamentos que são socialmente mais aceitáveis e dê o exemplo. Considere intervenções específicas, incluindo treinar seu filho para desenvolver habilidades de autocontrole, se você achar necessário.

A forma como você reage ao temperamento do seu filho pode melhorar ou piorar comportamentos da criança.Procure apoio e informação para aprender sobre estratégias parentais eficazes para melhorar os comportamentos positivos de seu filho.

Enciclopédia sobre o Desenvolvimento da Primeira Infância

Essas informações são extraídas de uma publicação do Centro de Excelência para o Desenvolvimento na Primeira Infância (CEDPI) e da Rede Estratégica de Conhecimentos sobre o Desenvolvimento na Primeira Infância (REC-DPI). Esses dois organismos identificam e sintetizam os melhores trabalhos científicos sobre o desenvolvimento na primeira infância. Através deste trabalho, eles divulgam esse conhecimento para diversos públicos em formatos e linguagens adaptados às suas necessidades. Para informações mais detalhadas sobre o temperamento infantil, consulte as sínteses e os artigos escritos por especialistas na  Enciclopédia sobre o Desenvolvimento na Primeira Infância, disponível gratuitamente para download no site www.enciclopedia-crianca.com.

Creative Commons - CC BY 3.0
Fale com a Ouvidoria

Deixe seu comentário

Publicidade