Digite sua busca e aperte enter


Trios chegam a demorar nove horas para percorrer os 6km do Circuito Osmar (Campo Grande) durante o carnaval de Salvador

Imagem:

Compartilhar:

Como foi inventado o Trio Elétrico?

Criado em 05/02/13 12h04 e atualizado em 29/01/15 10h53
Por Carnaval de Salvador

O trio elétrico é um caminhão carregado de aparelhos de som, que chega a pesar 35 toneladas, em média. Ele tem, na parte de cima, uma estrutura para shows musicais ao vivo, e funciona de cinco a sete horas em cada circuito do carnaval. A potência do motor varia de 300 a 440 cavalos de força e o nível máximo de emissão sonora permitido para cada trio e carro de som é de 110 decibéis, medidos a cinco metros de distância da lateral e à altura de 1,5 metro do solo.

Carnaval Salvador Circuito Osmar Campo Grande
Trios chegam a demorar nove horas para percorrer os 6km do Circuito Osmar (Campo Grande) durante o carnaval de Salvador (Turismo Bahia/Creative Commons)

A tradição começou com o Fobica, em 1950, em Salvador. Dois amigos, Adolfo Antônio do Nascimento (Dodô) e Osmar Alvares Macedo (Osmar) colocaram aparelhos de som em um carro Ford 1929, conhecido como "Fobica". Eles pintaram vários círculos coloridos como se fossem confetes no veículo e colocaram duas placas, no formato de violão, escrito "Dupla Elétrica". Dodô fez uma adaptação elétrica para usar a bateria de automóvel para alimentar o funcionamento dos alto-falantes instalados na fobica.

No domingo de Carnaval daquele ano, eles subiram a ladeira da montanha em direção à Praça Castro Alves e Rua Chile, na capital baiana. Por volta das 16 horas, arrastaram milhares de pessoas. Dodô e Osmar, em cima da fobica decorada e eletronicamente equipada, fizeram, assim, sua primeira aparição como os inventores do trio elétrico.

Creative Commons - CC BY 3.0

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Deixe seu comentário

Publicidade