Digite sua busca e aperte enter


Criança conversa com o Coelho da Páscoa

Imagem:

Compartilhar:

O que se comemora na Páscoa?

Criado em 26/03/13 11h12 e atualizado em 18/03/16 15h15

Criança conversa com o coelho da Páscoa
Criança conversa com o Coelho da Páscoa (Maryland GovPics / CC)

A Páscoa tem significados diferentes dependendo da cultura e da época. Antes de estar associada à figura de Jesus, a festa marcava a transição entre inverno e primavera, no hemisfério norte. A ideia incorporada à data é a de passagem de uma época de escuridão e frio para uma fase de luz e vida.

Aliás, a palavra “páscoa” (“peschad”, em hebreu; “paskha”, em grego e “pache”, em latim) significa exatamente “passagem”.

Ao longo da história, a celebração foi ganhando conceitos, símbolos e festejos de acordo com o costume de cada povo. Conheça algumas tradições:

Povos pagãos – Na Idade Média, os antigos povos pagãos da Europa festejavam, nesta época, a deusa Ostera, ou Esther. ( Em inglês, o nome é Easter, quer dizer Páscoa). Ostera (ou Ostara) é a Deusa da Primavera. Na sua imagem, ela carrega um ovo e tem um coelho pulando nos pés. Na mitologia grega, ela é equivalente à Persephone e na mitologia romana é Ceres. Era tradição desses povos decorar e presentear os amigos com ovos nessa época.

Judeus – Páscoa, na tradição judaica, é o nome dado ao sacríficio executado nos dias que antecedem a Festa dos Pães Ázimos (pão ázimo quer dizer pão sem fermento). A data lembra a libertação do povo de Israel do Egito, história contada na bíblia no livro chamado Êxodo.

Cristãos - A festa cristã tem origem na festa judaica, mas agregou um novo valor além da libertação do povo de Israel, que é a ressurreição de Cristo. Para os cristãos, Jesus morreu crucificado, na véspera da festa da Páscoa judaica, e ressuscitou dos mortos três dias depois. Essa é a maior festa para os fiéis porque marca a libertação da humanidade do pecado em troca do sacrifício de Jesus, o “cordeiro de Deus”.

Confira o vídeo: Crianças contam a história cristã da Páscoa

O cristianismo é a religião mais comum no Brasil (87% da população, segundo o Censo 2010) e várias festividades cristãs também são celebradas pelos seguidores de outras crenças, como Umbanda e Espiritismo. No entanto, a Páscoa não é celebrada como uma data especial pelos seus praticantes.

Informações: UniSC e Ceticismo.net.

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário