Digite sua busca e aperte enter


Posição da Terra em relação ao Sol.

Imagem:

Compartilhar:

De que são feitos os planetas?

Criado em 04/07/16 11h11 e atualizado em 04/07/16 11h26
Por Estação Criança - Blog do Planetário do Rio

Todos os planetas têm rochas e metais. Cada um com suas características.

A superfície de Mercúrio pode ser comparado à da Lua, coberta de crateras. Já a parte interna lembra à da Terra, com um núcleo sólido e várias camadas de rochas até a sua superfície.

Vênus tem uma superfície relativamente nova, em termos geológicos. Ela foi refeita entre 300 e 500 milhões de anos atrás. Isso pode ser observado pela grande quantidade de lava que cobre a maior parte de sua superfície e as montanhas deformadas por atividade geológica. Partes brilhantes de sua superfície são explicadas pela formação de compostos metálicos, como a pirite (ou ouro dos tolos).

A Terra possui um núcleo metálico denso, uma camada em sua volta de rocha composta de ferro, níquel e cobalto líquido, e uma outra camada de metais cristalinos composta de granito sob os continentes, e basalto sob os oceanos, denominada manto.

O solo de Marte é composto de oxigênio, silício, ferro, magnésio, cálcio, enxofre, alumínio, cloro e titânio. É mais rico em ferro e mais pobre em alumínio do que a Terra, e é a alta proporção de ferro que dá a sua coloração avermelhada, pois este metal, combinado com o oxigênio que havia na atmosfera, transformou Marte num mundo enferrujado.

Júpiter é um gigantesco astro gasoso composto, principalmente, de hidrogênio e hélio. Acredita-se que ele é uma estrela que falhou, pois não teve massa suficiente para ter reação nuclear que produzisse a energia que encontramos no núcleo das estrelas. Nas camadas abaixo de 1.000km da atmosfera superior a pressão é tão grande que o hidrogênio passa para o estado líquido. Mais perto ainda do centro do planeta, a pressão aumenta tanto que o hidrogênio passa a ser eletricamente condutor, como um metal. Estima-se que Júpiter possua um núcleo rochoso maior que a Terra.

Saturno é o planeta menos denso do Sistema Solar. Seu globo, essencialmente gasoso, como o de Júpiter, constitui-se de um pequeno núcleo rochoso coberto por um manto de hidrogênio metálico. Sua atmosfera é composta de hidrogênio, hélio, metano e outros gases, em menor proporção.

Urano, de acordo com os dados fornecidos pela Voyager 2 em janeiro de 1986, teria um núcleo sólido rodeado por um manto gelado de água, metano e amoníaco, e a atmosfera formada por hidrogênio, hélio e metano em estado gasoso.

Netuno, o menor dos quatro planetas gasosos e o mais denso, deve possuir um núcleo rochoso composto de ferro e silicatos. Sua atmosfera é composta basicamente de hidrogênio, hélio, metano, oxigênio e nitrogênio.

Creative Commons - CC BY 3.0
Fale com a Ouvidoria

Deixe seu comentário

Publicidade