X

Digite sua busca e aperte enter

Centro de Pesquisa da EBC terá participação especial na Intercom 2016

Publicado em 26/08/2016 - 11:55
Joseti Marques é diretora do projeto de criação do Centro de Pesquisa da EBC

O Centro de Pesquisa Aplicada em Comunicação Pública da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) foi convidado a uma participação especial no maior e mais importante evento científico de Comunicação do Brasil, o XXXIX Congresso da Intercom - Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação.  A apresentação do Centro de Pesquisa será feita pela ouvidora geral da EBC, Joseti Marques, que é também a responsável pelo projeto de criação do Centro de Pesquisa.

Joseti acredita que o evento é fundamental para a difusão do Centro de Pesquisa e para o reconhecimento da comunicação pública como um campo importante no âmbito dos estudos de comunicação.

“A participação do Centro de Pesquisa em um evento da dimensão da Intercom, sem dúvida, vai significar o reconhecimento, pela academia, desse esforço empreendido pela EBC e pela Unesco para a consolidação do campo da comunicação pública como conhecimento e como um direito de toda a sociedade”.

A apresentação do Centro de Pesquisa da EBC inclui também a participação do Grupo de Pesquisa, já aprovado pelo CNPq, Memória, Informação e Comunicação, liderado por Aline Brettas, da Gerência Executiva de Acervo no Rio de Janeiro. Aline é doutora em Ciência da Informação e Conhecimento. Maria da Conceição Carnevale, mestre em Comunicação e Informação, e Bruna Carolina Bueno, mestre em História, Política e Bens Culturais, ambas empregadas do quadro da EBC, também apresentarão um panorama das linhas de pesquisa a que estão ligadas no Centro.

O mediador da Mesa em que as representantes da EBC vão se apresentar é o professor e diretor da Faculdade de Comunicação da UnB, Fernando Oliveira Paulino. O professor entende que o Centro é uma ponte entre profissionais, pesquisadores e estudantes, possibilitando a interação com práticas, iniciativas e conhecimentos produzidos dentro e fora das universidades. Paulino diz que “não é saudável que os pesquisadores se isolem nas universidades, nem que os profissionais da EBC se isolem na empresa”.

O convite ao Centro de Pesquisa da EBC foi uma iniciativa do professor e coordenador do curso de Jornalismo da Universidade Católica de Pernambuco, Juliano Domingues, que na Intercom lidera o Grupo de Pesquisa em Políticas Estratégicas de Comunicação.

O professor vê, nesse contexto, a possibilidade de “discutir agenda e abordagens, apresentar um panorama do que tem sido feito pelo grupo e ao mesmo tempo discutir possibilidades de pesquisa em conjunto e estabelecer redes de pesquisa em relação ao tema apresentado”.

A diretora científica da Intercom, professora Iluska Coutinho, que também é coordenadora do Laboratório de Jornalismo e Narrativas Audiovisuais da Universidade Federal de Juiz de Fora, vê com otimismo a reunião de pesquisadores das instituições de ensino com os que estão envolvidos com a prática direta na comunicação pública.

“Em um cenário audiovisual marcado pela hegemonia das emissoras e operadores privados, e pela ausência de organismos de regulação, é fundamental a constituição de um Centro de Pesquisa que permita o desenvolvimento de estudos para consolidar o campo da Comunicação Pública, que se torna social a partir do momento em que é apropriada pela sociedade, também no universo da investigação científica”, diz ela.

O congresso da Intercom reúne anualmente cerca de 4 mil alunos de graduação, pós-graduação, pesquisadores e profissionais de Comunicação da América Latina e da Europa. Este ano, o tema será "Comunicação e educação: caminhos Integrados para um mundo em transformação". De acordo com a organização, o assunto é amplo e “constitui espaço fundamental para a inclusão social e para a democratização dos bens materiais e imateriais criados pela cultura”. O evento acontece de 5 a 9 de setembro na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).

Compartilhar: