X

Digite sua busca e aperte enter

Rádios EBC chegam aonde as outras não alcançam

Publicado em 03/08/2018 - 21:17

A EBC dobrou o tempo de transmissão da Nacional da Amazônia em sua faixa de ondas curtas (25 metros), em julho. Ouvintes ribeirinhos e de comunidades isoladas, que têm na Nacional da Amazônia a sua única fonte de informação e acompanham a emissora via aparelhos de rádio, passaram a receber 12 horas diárias de programação: são 6 horas a mais do que era alcançado anteriormente.

O avanço foi mais um passo na reestruturação do sistema de rádios EBC. Em 2018, as rádios Nacional e MEC ganharam nova estrutura de gestão, consolidando suas características e programação próprias.

A Nacional investiu ainda mais no radiojornalismo, em continuidade às mudanças que permitiram a atuação em rede da Nacional de Brasília AM e Nacional AM do Rio. A reestruturação gerou crescimento expressivo de audiência já em 2017. Em algumas faixas de horário, houve aumento de 2.289% no número de ouvintes por minuto.

A marca MEC aprimorou sua programação de conteúdo mais cultural, educativo e musical. São as emissoras MEC FM, MEC AM do Rio de Janeiro e MEC AM de Brasília.

A Radioagência Nacional atingiu uma média mensal de 1.000 áudios publicados. Segundo relatório do Analytics, a página reúne uma média mensal de 80 mil usuários ativos. São cerca de 6.000 cadastros via Central de Conteúdo e estimativa de 4,5 mil rádios que fazem download do material oferecido.

Compartilhar: