X

Digite sua busca e aperte enter

Rádio Nacional da Amazônia volta a operar com alcance máximo

Publicado em 17/12/2019 - 22:01

Nesta terça-feira (17), a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) reinaugurou a subestação que abastece o Parque Rodeador da Empresa, na cidade de Brazlândia (DF). Este é o complexo que fornece energia elétrica para o funcionamento dos transmissores, em ondas curtas, da Rádio Nacional da Amazônia.

Em março de 2017, um raio atingiu a subestação de energia, fazendo com que a emissora passasse a operar com alcance e horário reduzidos. Com o restabelecimento dos trabalhos da subestação, a Rádio Nacional da Amazônia mantém as transmissões na faixa de 25 metros e volta a transmitir, também, na faixa de 49 metros -- de média distância. A programação, por sua vez, estará no ar por 16 horas ininterruptas, de 8h à meia-noite. Retoma-se, assim, a janela de programação no horário de 12h às 16h, que estava disponível apenas na internet.

“É um dia histórico. Esse é o maior sitio de antenas do Brasil e o quinto do mundo. A Rádio Nacional da Amazônia é estratégica e importantíssima para integração nacional. A rádio é informação, é entretenimento, é emoção e é utilidade pública”, destacou o Diretor-Presidente da EBC, Luiz Carlos Pereira Gomes, durante a reinauguração da nova subestação.

O Presidente adiantou que, para 2020, por sua vez, está prevista a aquisição de novos transmissores. “Não podemos parar. Temos que estar sempre investindo nas nossas rádios”, pontuou Pereira Gomes. Para o Diretor de Operações, Engenharia e Tecnologia da EBC, Alexandre Graziani, a retomada das transmissões em potência máxima reflete o empenho dos colaboradores da EBC. “Esperamos que a Amazônia Legal receba bem o nosso sinal, com qualidade, definição e clareza”, afirmou.

A subestação do Rodeador tem capacidade máxima de 10 MVA. Com os dois transmissores da Nacional da Amazônia em funcionamento, o sinal da Rádio volta a chegar a locais como o norte do estado de Goiás, o sul de Tocantins, oeste da Bahia, Mato Grosso, norte de Minas Gerais, interior de São Paulo e parte do Mato Grosso do Sul. “É um momento de festa, um momento histórico para a Rádio Nacional da Amazônia. A nossa Rádio Nacional chega a locais em que outras não conseguem, não podem ou não querem chegar. Nós estamos lá!”, comemorou o Gerente Executivo da Rádio Nacional, Luciano Seixas.

A programação da Rádio Nacional da Amazônia também pode ser acompanhada pelo site das Rádios EBC (radios.ebc.com.br) e por meio de aplicativo disponível para iOS e Android.

Compartilhar: