X

Digite sua busca e aperte enter

No “Entre Fronteiras – África”, o jornalista Luís Nachbin percorre os 1,8 mil km da ferrovia Tazara

  • 14/09/2017 08h30

Uma viagem pode ser carregada de lembranças marcantes ou planos para o futuro. As duas possibilidades se materializam diante da câmera de Luís Nachbin ao longo dos 1,8 mil quilômetros da ferrovia conhecida como “Tazara”, nome que decorre da companhia que a administra: “Tanzania-Zambia Railway Authority.”

Lenta e fascinante, a ferrovia liga os países Zâmbia e Tanzânia, no leste africano. A partir das figuras de Seu Mulenga, antigo funcionário da ferrovia, e de Francis, comerciante que compra mercadorias na Tanzânia para revendê-las em Zâmbia, o jornalista constrói uma reflexão sobre o ato de viajar.

Na série “Entre Fronteiras – África”, o documentarista Luís Nachbin busca histórias inéditas e inspiradoras em dezenas de locais do continente africano. Nachbin viaja sozinho – ele mesmo opera câmera e faz a captação de áudio das entrevistas. O resultado é uma abordagem intimista, em interações que se desenvolvem com espontaneidade.

Por ser um viajante solitário, Nachbin é acolhido de forma diferente pelos anfitriões, que revelam seus cotidianos, seus sonhos, suas angústias, enquanto o espectador conhece a cultura local.

Inédito. Classificação: 10 anos.

Serviço:
Entre Fronteiras – África: Tazara
Sexta-feira, 15 de setembro, às 21h30, na TV Brasil.