X

Digite sua busca e aperte enter

Fernanda Honorato vence Prêmio Claudia na categoria trabalho social

Publicado em 03/10/2017 - 15:09

Repórter da TV Brasil é a primeira jornalista com Down a exercer a profissão no país


A repórter da TV Brasil, Fernanda Honorato, venceu o 22º Prêmio Claudia 2017 na categoria Trabalho Social.O reconhecimento é resultado da atuação profissional dela em prol da conscientização sobre o potencial das pessoas com deficiência.

Fernanda comemorou a vitória nesta segunda-feira (2), durante a cerimônia de premiação realizada em São Paulo. "Dia de muita emoção. Dia de ganhar o Prêmio Claudia na categoria trabalho social. Dia de me encantar com tantas histórias lindas e de comemorar por mais essa conquista. Foi uma noite emocionante. Obrigada a todos vocês que votaram e acreditaram em mim", declarou emocionada.

Fernanda faz reportagens e entrevistas para o Programa Especial, que vai ao ar todos os sábados, às 12h. A indicação na categoria Trabalho Social resultou de suas reportagens sobre as histórias de superação e garra de outras pessoas com deficiência. Jornalista desde 2006, é a primeira pessoa com Down a exercer a profissão no Brasil.

Em 2015, ela foi uma das doze personalidades homenageadas na terceira edição do Prêmio Rio Sem Preconceito. Ela também viaja pelo Brasil dando palestras a mães de crianças com Síndrome de Down, para falar sobre a superação do preconceito e incentivar os pais a sempre apoiarem os sonhos das pessoas com deficiência.

O Programa Especial é uma co-produção da TV Brasil com a produtora NO AR Comunicação. Tendo a inclusão como valor central, o programa é produzido por pessoas com deficiência e para pessoas com deficiência. As reportagens e quadros são transmitidos em LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais), com legenda e audiodescrição. Além de Fernanda, o programa é apresentado pelos cadeirantes Juliana Oliveira e José Luiz Pacheco.

Assista ao vídeo de Fernanda gravado para o 22º Prêmio Claudia

Compartilhar: