X

Digite sua busca e aperte enter

Caminhos da Reportagem conquista 13º Prêmio Troféu Mulher Imprensa

  • 04/07/2018 15h46
  • Gecom

Programa da TV Brasil investigou o assédio sexual no trabalho

A bancária L. precisou se afastar do trabalho após adoecimento provocado pelos assédios sexuais sofridos na empresa 


A reportagem “Assédio sexual no trabalho: um crime silenciado”, produzida pelo programa Caminhos da Reportagem, da TV Brasil, conquistou o  13º Troféu Mulher Imprensa na categoria  “Melhor Reportagem Especial ou série com Temática Sobre Mulheres”. 

O resultado foi divulgado nesta quarta-feira (4) no site do Portal Imprensa, organizador da premiação. A seleção das finalistas das 17 categorias do prêmio foi realizada por um júri  formado por 47 profissionais e também por votação popular pela internet. 

Exibido em setembro de 2017,  o programa concorreu com outras 10 matérias. A EBC já recebeu o troféu em 2011 e foi finalista na 10ª edição, com a jornalista Ana Lúcia Caldas, e na 11ª edição, com a jornalista Mara Régia.

A repórter Flávia Peixoto conta que recebeu a notícia da premiação com muita satisfação, principalmente por estar concorrendo com reportagens do Huffpost Brasil, segunda colocada; Profissão Repórter – Globo, terceira colocada e Agência Pública, quarta colocada. Acesse aqui a lista de todas as finalistas desta categoria. 

Flávia conta que a ideia de fazer a reportagem surgiu a partir da leitura de uma matéria sobre o lançamento da cartilha “Assédio Sexual no Trabalho: perguntas e repostas”, produzida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT). “Achávamos que o tema não renderia e até propusemos a pauta para outro programa. Nos surpreendemos com o número de denúncias. Somos uma equipe majoritariamente de mulheres e nos identificamos bastante com as situações, mesmo que não tenhamos sofrido assédios tão fortes como os das entrevistadas”, explicou Flávia. 

Caminhos da Reportagem

A reportagem “Assédio sexual no trabalho: um crime silenciado” aborda um crime sobre o qual, mesmo sendo frequente, não há estatísticas nacionais nem mundiais: o assédio sexual no trabalho. A equipe do programa conversou com vítimas que decidiram contar suas histórias. Elas narram situações constrangedoras vivenciadas durante o expediente e que geraram angústia, medo, traumas e adoecimento. A legislação brasileira prevê punições para quem comete assédio sexual, mas esse crime ainda é pouco denunciado.

A edição mostrou como identificar esse crime, onde denunciá-lo e também o que é possível fazer para combater essa prática que ainda causa espanto e questionamentos quando se torna pública. Não perca!

Veja a íntegra do programa vencedor 


Conheça os profissionais que trabalharam na produção do programa 
Reportagem: Flávia Peixoto
Produção: Beatriz Abreu e Pollyane Marques
Apoio à produção: Aline Beckstein
Imagens: André Pacheco, Rogério Verçoza e Sigmar Gonçalves
Apoio às imagens: Milene Nunes
Auxílio técnico: Dailton Matos e Edivan Viana
Apoio ao auxílio técnico: Wladimir Ortega
Edição de texto: Suzana Guimarães
Edição de imagens e finalização: Henrique Corrêa e Richard Gomes
Arte:Júlia Costa