Digite sua busca e aperte enter


Compartilhar:

Comunidades pacificadas do Rio já se preparam para turismo nas Olimpíadas

Criado em 11/05/15 20h22 e atualizado em 11/05/15 21h47
Por Da Agência Brasil Edição:Jorge Wamburg Fonte:Agência Brasil


Para receber os turistas durante os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro, hostels e albergues de favelas que possuem Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) já se preparam para atrair os visitantes. As comunidades são muito procuradas por turistas que desejam conhecer  a cultura da cidade através do dia-a-dia dos moradores.

Programas simples, como passeios de mototáxis pelas vielas dos morros e visitas a restaurantes com comidas caseiras são alguns dos programas preferidos dos turistas.

"Muitos turistas buscam as comunidades porque querem conhecer como as pessoas vivem, além de preferirem estar em um ambiente mais simples, porque acreditam que só assim podem vivenciar a cultura de uma cidade", diz Eduardo Figueiredo, um dos responsáveis pelo Babilônia Rio Hostel, localizado na comunidade da Babilônia em Copacabana, zona sul do Rio.

As favelas do Vidigal e do Cantagalo, também na zona sul, são outros locais bastante procurados pelos turistas. De acordo com a Associação Cama e Café e Albergues do Estado do Rio de Janeiro (Accarj), na Babilônia existem 25 estabelecimentos de hospedagem. Para acompanhar a demanda, os proprietários têm procurado aumentar o conforto e a privacidade dos hóspedes e investir em tecnologia e sustentabilidade.

"Para agradar ainda mais o público, pretendemos colocar energia solar e já estamos nos preparando para começar a usar a água da chuva por conta da consciência ambiental e redução de custos", relata Figueiredo.

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 vão ocorrer entre os dias 5 e 21 de agosto e, segundo dados do Ministério do Turismo, cerca de 350 mil turistas são esperados durante a realização do evento.


 

 

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário