Digite sua busca e aperte enter


Compartilhar:

ANTT aumenta valor de pedágio no trecho Juiz de Fora/Rio da BR-040

Criado em 20/08/15 19h11 e atualizado em 20/08/15 19h25
Por Alana Gandra – Repórter da Agência Brasil Edição:Maria Claudia Fonte:Agência Brasil

Os valores cobrados nas praças de pedágio da BR-040, que liga Minas Gerais ao Rio de Janeiro, no trecho de Juiz de Fora (MG), Petrópolis, Rio de Janeiro e acessos, foram elevados em 24,44% a partir de hoje (20), data do reajuste anual da concessão. Com isso, o valor do pedágio básico para automóvel, caminhonete e furgão de dois eixos sobe de R$ 9 para R$ 11,20.

As alterações tarifárias foram determinadas pela Resolução 4.805 da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e publicadas no Diário Oficial da União desta quinta-feira. Elas objetivam manter o equilíbrio econômico-financeiro e atender à Lei número 13.103/2015, conhecida como Lei do Caminhoneiro.

A rodovia BR-040 é administrada pela Companhia de Concessão Rodoviária Juiz de Fora-Rio (Concer). A estrada federal tem 180 quilômetros de extensão e foi concedida à iniciativa privada em 1996, dentro da primeira etapa do programa de concessões, pelo prazo de 25 anos. O aumento é resultado da 22ª revisão ordinária anual dos valores de pedágio, prevista no contrato de concessão, da 9ª revisão extraordinária referente à Lei do Caminhoneiro e do reajuste da tarifa básica de pedágio nesse trecho da BR-040.

De acordo a assessoria de comunicação da ANTT, as alterações de tarifa são calculadas a partir da combinação de três itens previstos no contrato de concessão. O primeiro deles é o reajuste, que visa corrigir monetariamente os valores da tarifa, com base na variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), enquanto a revisão é para recompor o equilíbrio econômico-financeiro celebrado no contrato de concessão.

Os novos valores variam de R$ 5,60, para motocicletas, motonetas e bicicletas motorizadas, a até R$ 67,20 para caminhão com reboque e caminhão-trator com semi-reboque, de seis eixos. 

Editor Maria Claudia
Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário