Digite sua busca e aperte enter


Skinhead agride morador de rua

Imagem:

Compartilhar:

Ministério Público avalia denúncia da agressão de simpatizante neonazista em BH

Criado em 11/04/13 18h32 e atualizado em 12/04/13 20h09
Por Léo Rodrigues Fonte:Portal EBC

Skinhead agride morador de rua
Foto gerou indignação na internet. (foto: Reprodução/Facebook)

A foto que circulou nas redes sociais e gerou revolta entre internautas de Belo Horizonte pode resultar na abertura de um inquérito pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). A imagem mostra o skinhead neonazista Antônio Donato Baudson Peret, também conhecido como Donato di Mauro, enforcando um morador de rua com uma corrente.

Uma denúncia foi realizada pelo Centro Nacional de Defesa dos Direitos da População em Situação de Rua (CNDDH). Segundo a assessoria de comunicação da MPMG, o caso está sendo analisado pela promotora Andreia de Figueiredo Soares, que deve decidir nos próximos dias se a denúncia tem ou não fundamento.

SÉRIE ESPECIAL SOBRE O NEONAZISMO:
- Mapa da intolerância: região sul concentra maioria dos grupos neonazistas
- Vácuo jurídico e pouco investimento na PF são entraves no combate aos neonazistas
- Pais que incitam ódio e racismo aos filhos podem perder a guarda
- Comissão tem autonomia para investigar influência de organizações em trote da UFMG

A Polícia Civil também está fazendo um levantamento dos antecedentes criminais de Antônio Peret. Até agora, já se sabe do seu envolvimento em três episódios, um em 2009 e dois em 2011. No último deles, no dia 7 de setembro de 2011, o skinhead foi preso por espancar com chutes e soco inglês um casal gay na Praça da Liberdade.

Entenda

Na última sexta (5), o skinhead Antônio Donato Baudson Peret, também conhecido como Donato di Mauro, postou uma foto na internet enforcando um morador de rua com uma corrente. Junto à imagem, lia-se o seguinte comentário: "Quer fumar kraquinho? Em meio a praça pública cheio de criança? Acho que não". Apesar de ter excluído a foto, outros internautas a copiaram e publicaram, provocando revolta nas redes sociais.

Não demorou para que mais imagens polêmicas de Antonio Peret surgissem na internet, juntamente com outros colegas skinheads. Em uma delas, ele aparece ao lado de uma criança, supostamente seu sobrinho, vestindo roupas com símbolos neonazistas e posando com o braço erguido.

Comentários extraídos da página do Facebook de Antônio Peret também geraram indignação. "Todas as criaturas matam, fazem isso de uma forma ou de outra, quero dizer, você olha pra uma floresta... Eu conheço muitas pessoas que merecem morrer", dizia uma das postagens.

Denúncias de Racismo

Andreia de Figueiredo Soares integra a Promotoria de Defesa dos Drieitos Humanos. Ela é uma das pincipais entusiastas da criação de uma Subpromotoria de Igualdade Racial. A ideia começou a ser estudada no ano passado. Uma das funções da nova estrutura envolveria um trabalho de conscientização, para que os cidadãos recorram ao MPMG para combater qualquer tipo de reação racista.

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário