PF prende 23 pessoas por tráfico de drogas no Porto de Santos

Marli Moreira - Agência Brasil 31.03.2014 - 08h54 | Atualizado em 31.03.2014 - 15h34

PF apreende 3,7 toneladas de cocaína no porto de Santos (Foto: DPF - Divulgação)

A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (31) 46 mandados de prisão e 80 de busca e apreensão com o objetivo de desmontar um esquema de tráfico de drogas, no Porto de Santos. Duas facções criminosas enviavam cocaína à Europa, a Cuba e à África. Nesta segunda-feira, 23 pessoas foram presas. Desde maio de 2013, foram apreendidos mais de 3,7 toneladas de cocaína, 230 mil euros, dez veículos, uma embarcação, 19 armas curtas e dois fuzis.

De acordo com a PF, as investigações foram desmembradas em duas operações. Uma delas, a Hulk, concentrada na capital paulista, ficou responsável por acompanhar o grupo encarregado da compra da cocaína vinda da Bolívia. A droga entrava no país por meio da fronteira com o Paraguai.

Leia também outras notícias em Brasil 

A outra operação, a Oversea, no Porto de Santos, descobriu a estratégia usada pelo bando para que o produto ilícito chegasse aos clientes no exterior. A cocaína era colocada em mochilas e sacolas e inseridas em contêineres por funcionários que atuavam nos Recintos Alfandegários de Exportação (Redex), áreas dos terminais privados.

“A droga seguia junto com um lacre clonado. No local de destino, membros da organização criminosa rompiam os lacres, recuperavam a cocaína e colocavam os lacres clonados, para não gerar suspeitas”, informa a nota da PF.

Edição:Talita Cavalcante

 


PF faz apreensão recorde no Porto do Santos. 23 pessoas foram presas e 3,7 ton de cocaína apreendidos (DPF - Divulgação)
  • Direitos autorais: Creative Commons - CC BY 3.0