Digite sua busca e aperte enter


Compartilhar:

Autoridades ambientais fecham fábrica de balões em Maricá

Criado em 23/04/14 16h32 e atualizado em 23/04/14 17h00
Por Vitor Abdala Edição:Stênio Ribeiro Fonte:Agência Brasil

A Secretaria Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro, a Polícia Militar e a Marinha fizeram hoje (23) uma operação para reprimir a prática de balonismo, incursa na Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/98). Durante a ação, uma fábrica clandestina de balões foi fechada no município de Maricá, no Grande Rio. A fiscalização encontrou no local seis balões de grande porte, sendo um deles com mais de 20 metros. Um homem foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia de Maricá (82ª DP).

Leia mais notícias no Portal EBC

Já em São Gonçalo, também no Grande Rio, foi apreendida uma embarcação adaptada para o resgate de balões que caem no mar. As três pessoas que estavam no barco foram liberadas, porque não foram flagrados com qualquer balão, mas a embarcação foi levada para a Capitania dos Portos. A ação foi deflagrada hoje, Dia de São Jorge, porque a data religiosa é marcada por grande incidência de soltura de balões no estado.

Editor Stênio Ribeiro

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário