IRPF 2014: saiba como carregar declarações anteriores em tablets ou celulares

Fernanda Duarte* - Portal EBC 27.03.2014 - 16h43 | Atualizado em 28.03.2014 - 17h00

Veja como fazer para importar para a declaração atual os dados da declaração de imposto de renda de 2013 (Foto: Marcello Casal Jr./ABr)

Uma das novidades da declaração de Imposto de Renda deste ano é a possibilidade de carregar as informações da declaração de 2013 para a atual por meio do aplicativo da Receita Federal para tablets e smartphones.

O aplicativo para dispositivos móveis permite ao contribuinte importar alguns dados da declaração de 2013, como  rendimentos recebidos de pessoa física, dívidas, rendimentos isentos e rendimentos de tributação exclusiva, e salvar um rascunho da declaração e continuar o preenchimento em outro momento (inclusive utilizando outro dispositivo).

A novidade, no entanto, só está disponível para os dispositivos que funcionem com os sistemas operacionais Android ou IOS.

Leia também no Portal EBC:

Como declarar o imposto de renda usando tablets e smartphones

Como instalar o programa do imposto de renda no Linux

Supervisor do Imposto de Renda responde a dúvidas dos internautas

Veja abaixo como fazer para importar esses dados para a sua declaração: 

1. O primeiro passo é baixar o APP Pessoa Física disponível no Google Play, para os dispositivos móveis com sistema operacional Android, ou na App Store, para os dispositivos com sistema operacional iOS (Apple). É por meio deste aplicativo que você vai realizar a declaração de imposto de renda deste ano.

2. Após instalar o APP Pessoa Física, você deve salvar o arquivo da declaração do ano passado no dispositivo móvel que será utilizado para fazer a declaração. Para isso, você precisa localizar o arquivo. Verifique se ele ficou salva em seu computador, pen drive, e-mail ou outra mídia. Feito isso, envie o arquivo para o seu dispositivo móvel. Isso pode ser feito conectando o equipamento via cabo USB ou através de algum servidor de arquivos, como o Dropbox, o Google Drive, o SkyDrive, o e-mail, entre outros.

Segundo a Receita Federal, o nome do arquivo da declaração de 2013 mostra o número do CPF, tipo de declaração, exercício, ano-calendário e se é original ou retificadora. Confira o exemplo abaixo:

  • 12345678900-IRPF-A-2013-2012-ORIGI.DEC é a declaração original de 2013 do CPF 12345678900
  • 12345678900-IRPF-A-2013-2012-RETIF.DEC é a retificadora de 2013 do CPF 12345678900

3.  Clique no arquivo da declaração. Se seu equipamento for Android, utilize a opção para salvar a declaração. Já se seu equipamento for iOS,  utilize a opção "abrir com APP Pessoa Física".

4.  Entre no APP Pessoa Física e clique sobre o ícone "m-IRPF". Na sequência deverão ser exibidas as declarações que foram identificadas pelo aplicativo. Se a declaração desejada não constar na tela é porque o aplicativo não conseguiu identificá-la. Nesses casos, a Recita Federal orienta para que seja repetido o processo de importação do arquivo com a declaração do ano anterior.

5. Clique na declaração de 2013 e depois em "importar para 2014" e os dados da declaração de 2013 serão carregados automaticamente na declaração de 2014. 

É importante observar que, caso exista um rascunho salvo da declaração de 2014, após o contribuinte informar a palavra-chave cadastrada, os dados anteriormente digitados serão apagados e uma nova declaração 2014 será aberta com os dados recuperados da declaração de 2013.

Fotos: Reprodução

* Com informações da Receita Federal

  • Direitos autorais: Creative Commons - CC BY 3.0