Digite sua busca e aperte enter


Pezão e Crivella vão para o segundo turno

Imagem:

Compartilhar:

Governador: Pezão e Crivella vão para o 2º turno no Rio de Janeiro

Criado em 05/10/14 20h25 e atualizado em 05/01/15 09h24
Por Portal EBC

A eleição para o governo do Rio de Janeiro será decidida em segundo turno. O novo governador do estado sairá da disputa entre Luiz Fernando de Souza Pezão (PMDB), que totalizou 40,57% (3.242.513) do total de votos, e Marcelo Crivella (PRB), que registrou 20,26% (1.619.165). 

A disputa entre Crivella e Garotinho foi apertada. Antonhy garotinho ficou em terceiro lugar com 19,73% (1.576.5117) dos votos apurados. Já Linderbeg Farias (PT) contabilizou 10,00% dos votos (798.897). Tarcisio Mota do PSOL (com 8,92% e 712.734 votos), Dayse Oliveira do PSTU (0,42% e 33.442 votos) e Ney Nunes do PCB (com 0,11% e 8.950 votos).  

O eleitorado do estado tem 12.134.443 votos. As eleições no Rio de Janeiro tiveram o comparecimento de 9.693.862 pessoas e 2.440.581 abstenções. Os votos brancos somaram 6,12% (592.999) e os nulos 11,44% (1.108.651).

Confira cobertura completa das Eleições 2014

O 2° turno está marcado para 26 de outubro. Os eleitores dos 92 municípios do Rio de Janeiro escolheram o governador do estado entre sete candidatos: Luiz Fernando Pezão (PMDB), Anthony Garotinho (PR), Marcelo Crivella (PRB), Lindberg Farias (PT), Tarcísio Motta (PSOL), Dayse Oliveira (PSTU), Ney Nunes (PCB).  Segundo dados de junho deste ano, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o estado tem o terceiro maior eleitorado do país, com 12,14 milhões de pessoas aptas a votar. São Paulo tem o maior colégio eleitoral e Minas Gerais, o segundo.

Perfil dos dois candidatos que vão para o 2° turno:

Atual governador, Luiz Fernando de Souza Pezão (PMDB) é economista e administrador de empresas. Aos 59 anos, foi também vereador, duas vezes prefeito de Piraí, no sul fluminense, e vice-governador entre janeiro de 2007 e abril deste ano. Assumiu o cargo de governador no dia 4 de abril deste ano, depois da renúncia de Sérgio Cabral. Sua coligação “O Rio em 1º Lugar” reúne 18 partidos (PMDB / PP / PSC / PTB / PSL / PPS / PTN / DEM / PSDC / PRTB / PHS / PMN / PTC / PRP / PSDB / PEN / PSD e SD). Tem como vice o senador Francisco Dornelles, do PP.

Marcelo Crivella (PRB): O engenheiro de 56 anos é senador desde 2003. Foi reeleito em 2010 para um mandato de oito anos (até 2018). Licenciou-se do mandato para assumir, entre 2012 e 2014, o cargo de ministro da Pesca e Aquicultura. É candidato pelo PRB, sem coligações. Seu vice é José Alberto da Costa Abreu, mais conhecido como coronel Abreu, por ser integrante das Forças Armadas.

Senador eleito no Rio de Janeiro

Romário (PSB) foi eleito senador pelo Rio de Janeiro. Com 90,6% das urnas apuradas, o ex-jogador de futebol recebeu 63,39% dos votos apurados. Em segundo lugar, ficou Cesar Maia (DEM).

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário