Digite sua busca e aperte enter


Waldez e Camilo disputam o 2° turno para governador do Amapá

Imagem:

Compartilhar:

Waldez e Camilo disputam o 2° turno para governador do Amapá

Criado em 05/10/14 19h36 e atualizado em 05/01/15 09h25
Por Portal EBC

A disputa para governador no Amapa será em 2° turno entre Waldez (PDT) e Camilo Capiberibe (PSB). Waldez registrou 161.550 votos, 42,18% do total das urnas apuradas e Camilo Capiberipe 105.445 votos, 27,53%. Os votos brancos somam 1,18% e os nulos 4,91%.

Lucas Barreto (PSD) somou 13,86% dos votos (53.079); Bruno Mineiro (PTdoB), 7,87% (30.135); Jorge Amanajas (PPS), 7,06% (27.048); Genival Cruz (PSTU), 1,39% (5.306); e Décio Gomes (PCB), 0,12% (455).

Confira mais notícias sobre as eleições 2014

Saiba o que acontece se você não votar e como justificar a ausência

O 2° turno está marcado para 26 de outubro. O Amapá tem 455.514 eleitores cadastrados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o que representa 0,319% do eleitorado brasileiro. Do total, 3,6% (ou 16.388 pessoas) são analfabetos, 22% (100.339) não completaram o ensino fundamental e 10,7% (48.856) têm curso superior completo. São 48,83% (222.408) homens e 51,17% (233.106) mulheres. 

Perfil dos dois candidatos que vão para o 2° turno:

Waldez (PDT), de 52 anos, já cumpriu dois mandatos de governador, entre 2003 e abril de 2010, quando renunciou ao cargo para tentar se eleger senador. Acabou não sendo eleito. Waldez foi também deputado estadual por duas vezes e tentou, sem sucesso, chegar à prefeitura de Macapá, em 1996, e ao governo do estado em 1998. O limite de gastos de sua campanha foi de R$ 4,96 milhões.Tem João Bosco como vice. Coligação: A Força do Povo.

Camilo Capiberibe (PSB) é advogado, tem 42 anos e foi deputado estadual entre 2007 e 2010, pouco antes de ser eleito governador. Em 2008, se candidatou à prefeitura de Macapá, mas não se elegeu. Para este pleito, limitou os gastos de campanha a R$ 6,8 milhões. Carlos Rinaldo é seu vice. Coligação: Frente Popular a Favor do Amapá.

Senador eleito no Amapá

O candidato Davi Alcoumbre (DEM) venceu para senador no Amapá com 131.695 votos, ou seja, 36,26% dos votos. O segundo colocado ficou Gilvam (PMDB) com 34,26%, seguido de Promotor Moisés 13,25%.

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário