Digite sua busca e aperte enter


Egito informa que são 525 mortos nos confrontos entre manifestantes e forças policiais, nos últimos dois dias

Imagem:

Compartilhar:

Egito apela para que EUA evitem suspensão de repasses financeiros

Criado em 21/08/13 07h27 e atualizado em 21/08/13 07h44
Por Renata Giraldi* Edição:Graça Adjuto Fonte:Agência Brasil

Conflito protesto egito
Além do apoio para o setor militar do Egito, os Estados Unidos repassam US$ 250 milhões (VOA/CC)

Brasília – O primeiro-ministro interino do Egito, Hazem Beblawi, disse que o governo dos Estados Unidos cometerá um erro se suspender a ajuda financeira anual, no valor de US$ 1,3 bilhão, destinada à área militar. Além do apoio para o setor militar, os Estados Unidos repassam US$ 250 milhões.

A possibilidade de suspensão dos repasses é avaliada pelas autoridades norte-americanas desde o agravamento da crise no Egito, com a morte de 750 pessoas em três dias de confrontos entre manifestantes e policiais.

“[A suspensão do repasse] seria um mau sinal e afetaria o Exército durante um determinado tempo", ressaltou Hazem Beblawi. “Não vamos esquecer que o Egito viveu [apenas] com o apoio militar da Rússia e sobreviveu. Não é o fim do mundo e podemos viver em circunstâncias diferentes", disse.

Leia também:

Egito prende mais dois líderes da Irmandade Muçulmana

Países árabes ajudarão financeiramente o Egito, se EUA e Europa suspenderem repasses

Alemanha deve suspender venda de armas ao Egito

O Egito é um dos principais aliados dos Estados Unidos entre os países muçulmanos. Por enquanto, o governo norte-americano mantém o suporte financeiro ao Egito. Mas, ontem (20), o presidente norte-americano, Barack Obama, reuniu-se com assessores para analisar especificamente a situação do Egito.

O porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, disse que Obama fará nova reunião com o Conselho de Segurança Nacional para avaliar o agravamento da situação no Egito.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa 

Edição: Graça Adjuto

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário