Digite sua busca e aperte enter


Aeroporto da Crimeia é guardado por soldados russos

Imagem:

Compartilhar:

Tribunal Constitucional russo considera legal tratado que anexa a Crimeia

Criado em 19/03/14 09h27 e atualizado em 19/03/14 09h46
Por Agência Brasil Edição:Graça Adjuto

Por unanimidade, o Tribunal Constitucional da Rússia considerou hoje legal a assinatura do tratado de anexação da Crimeia pelo presidente Vladimir Putin, um passo essencial no processo para a ratificação do tratado. “O Tribunal Constitucional reconheceu que o tratado está em conformidade com a Constituição russa”, disse o presidente do tribunal, Valery Zorkin, aos jornalistas.

Leia também no Portal EBC: 

Comissão Europeia propõe ajuda de 1 bilhão de euros à Ucrânia

Ucrânia diz que soldado foi morto na Crimeia e conflito entrou em fase militar

A decisão do tribunal permite a Putin entregar o tratado ao Parlamento para ser ratificado. A tensão na Crimeia aumentou nessa terça-feira (18), com o reconhecimento, pela Rússia, da República Autônoma ucraniana como parte de seu território e a autorização da Ucrânia aos seus soldados para o uso de armas.

Após o referendo de domingo (16) na Crimeia, em que a anexação à Rússia recebeu a maioria dos votos, Moscou anunciou que considerava a península parte de seu território a partir de terça-feira.

O presidente russo, Vladimir Putin, e os dirigentes ucranianos assinaram um tratado bilateral com vistas à integração. Por outro lado, as autoridades da Ucrânia garantiram que nunca reconhecerão a anexação da Crimeia e deram autorização aos soldados para usar armas em resposta aos “atos hostis” da Rússia.

*Com informações da Agência Lusa

Editor: Graça Adjuto

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário