X

Digite sua busca e aperte enter


Compartilhar:

Confirmada a execução da jornalista síria pelo grupo Estado Islâmico

Criado em 08/01/16 17h51 e atualizado em 08/01/16 18h07
Por Portal EBC Fonte:Repórter Brasil

Foi confirmada a execução da jornalista síria Ruqia Hassan, cujo pseudônimo Nissan Ibrahim, de 30 anos, pelo grupo Estado Islâmico. Ela escrevia nas redes sociais sobre a vida em Raqqa- principal reduto dos terroristas da Síria. A jornalista foi acusada de espionagem pelo grupo, por divulgar informações desse tipo.

Segundo o grupo, Hassan foi morta em Setembro, semanas depois de ter sido presa (entre o final de Julho e Agosto), mas só há poucos dias informaram a família da sua execução. 

Confira no vídeo do Repórter Brasil:

A sua última publicação foi em 21 de Julho do ano passado, que dizia:

 
“Podem cortar a Internet à vontade. Nossos pombos-correios não vão se queixar.”

“Estou em Raqqa e recebi ameaças de morte. Quando o EI me prender e me matar, não tem problema. Eles podem cortar-me a cabeça, mas eu tenho dignidade e isso é melhor do que viver em humilhação.” Essas foram as últimas palavras da jornalista, segundo o ativista local sírio,  Abu Mohammed.
 

Creative Commons - CC BY 3.0
Fale com a Ouvidoria

Deixe seu comentário