Digite sua busca e aperte enter


Eleição para presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados

Imagem:

Compartilhar:

Comissão de Direitos Humanos da Câmara encerra reunião sem escolher presidente

Criado em 06/03/13 17h00 e atualizado em 06/03/13 18h50
Por Georgia Moraes Edição: Fonte:Rádio Câmara

Foi suspensa, há pouco, a reunião da Comissão de Direitos Humanos e Minorias para a escolha do novo presidente do colegiado. O motivo foi uma questão de ordem  da deputada Erika Kokay (PT-DF). Segundo ela, a comissão não poderia ser presidida pelo deputado Pastor Marcos Feliciano (SP), que foi indicado pelo PSC para ocupar o cargo.

Kokay alega que Feliciano não teria o perfil de defensor das minorias exigido pelo trabalho da comissão. Ele, por sua vez, argumenta que é favorável aos direitos humanos, mas sem obrigatoriamente seguir as pautas de movimentos sociais.

O atual presidente da comissão, deputado Domingos Dutra (PT-MA), decidiu encaminhar a questão de ordem para a Mesa Diretora  da Câmara. O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) disse esperar que haja uma solução política para o cargo e que seja indicado outro nome pelo PSC.

Alguns parlamentares sugeriram o nome da deputada Antônia Lúcia (AC) para a presidência da comissão, pois assim estaria mantido o direito do PSC de ocupar o cargo, conforme acordo feito pelas lideranças com base no princípio da proporcionalidade partidária. Essa indicação precisaria ser referendada pelo PSC, que já havia indicado Feliciano para a presidência do colegiado e Antônia Lúcia para a vice-presidência.

Edição – João Pitella Junior

Creative Commons - CC BY 3.0
Fale com a Ouvidoria

Deixe seu comentário

Publicidade