Digite sua busca e aperte enter


Urna eletrônica

Imagem: Foto: José Cruz/Arquivo/Agência Brasil

Compartilhar:

Eleições: a partir desta terça-feira, prisões só em flagrante

Criado em 21/10/14 12h01 e atualizado em 05/01/15 09h13
Por Karine Melo Edição:Marcos Chagas Fonte:Agência Brasil

A partir de hoje (21) e até 48 horas após o encerramento das eleições, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, salvo em flagrante delito, em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável ou por desrespeito a salvo-conduto. A determinação está no Código Eleitoral, caput do artigo 236.

Leia mais:

Tropas federais vão reforçar segurança das eleições no Ceará

TSE estima que problemas com votação biométrica serão menores no domingo

Segundo turno: TSE começa a divulgar parciais da votação para presidente às 20h

No domingo (26), quase 143 milhões de eleitores voltam às urnas e escolherão entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) para comandar o país pelos próximos quatro anos. Eleitores de 13 Estados e do Distrito Federal também definirão seus novos governadores neste segundo turno.

Mesmo com o horário de verão, que começou no último domingo, nos estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e no Distrito Federal, o período de votação no segundo turno não terá qualquer alteração, ou seja, será das 8h às 17h, obedecendo o horário local.

Editor: Marcos Chagas

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário