Digite sua busca e aperte enter


Compartilhar:

Manifestantes começam a se dispersar da Avenida Paulista

Criado em 15/03/15 18h28 e atualizado em 15/03/15 19h23
Por Daniel Mello Edição:Fernando Fraga Fonte:Agência Brasil

Os manifestantes que protestam contra o governo federal, na Avenida Paulista, região central de São Paulo, começam a se dispersar. O ato chegou a reunir cerca de 1 milhão de pessoas, segundo a Polícia Militar (PM). As pessoas protestam contra a corrupção e pela saída da presidenta da República, Dilma Rousseff. Alguns grupos pediram também a intervenção militar. A Avenida Paulista permanece interditada nos dois sentidos.

Durante o momento de maior concentração, as catracas das estações do metrô Trianon-Masp e Consolação foram fechadas, segundo a empresa, por medida de segurança. Por volta das 17h30, as estações voltaram a funcionar normalmente. No final da tarde, os manifestantes formavam longas filas para embarcar nos vagões do metrô.

Confira imagens dos protestos por todo o país:

Houve apenas o registro de uma ocorrência policial até o momento. De acordo com a PM, 20 skinheads foram detidos por porte de explosivos. A corporação informou que o grupo tentou jogar rojões conta os manifestantes na Avenida Paulista.

A Rua da Consolação, que fica no final da Avenida Paulista, foi fechada por um grupo de caminhoneiros que aderiram ao protesto. Segundo o líder dos motoristas, Claudinei Habacuque, eles reivindicam melhores condições de trabalho e a saída da presidenta. “O pedágio está muito caro, o óleo diesel nem se fala e a falta de segurança nas estradas é total”, declarou. Ele lembrou, no entanto, que a questão dos pedágios compete ao governo estadual.

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário