Digite sua busca e aperte enter


Acordo com os líderes partidários foi fechado depois de quatro dias de reunião Antonio Cruz/ Agência Brasil

Imagem: Antonio Cruz/ Agência Brasil

Compartilhar:

Comissão do Impeachment da Câmara discute relatório; acompanhe ao vivo

Criado em 08/04/16 14h30 e atualizado em 09/04/16 01h33
Por Portal EBC

A Comissão do Impeachment, na Câmara dos Deputados, começa nesta sexta (8) a discussão do relatório do deputado Jovair Arantes (PTB-GO), que se posiciona favoravelmente à abertura do processo de impedimento da presidenta Dilma Rousseff. A discussão está prevista para ser iniciada às 15h e deve entrar pela madrugada deste sábado (9).

 

A previsão é de que o relatório seja votado apenas na segunda-feira (11), a partir das 10h, prazo final para que isso ocorra. Segundo o deputado federal Rogério Rosso (PSD-DF), que preside a comissão, na reunião de hoje deverão falar membros e não membros da comissão que estiverem previamente inscritos. Acompanhe:

01h05 - Petista sugere fim de reunião e oposição contesta

Quando a comissão chegou a oito horas de reunião, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) sugeriu ao presidente do colegiado, deputado Rogério Rosso (PDS-DF), que encerrasse a sessão. Em maior número na reunião e na lista de inscritos, deputados favoráveis ao impeachment rechaçaram a sugestão. Até aquele momento, 33 dos 116 inscritos haviam falado. O petista gaúcho disse que os discursos estavam “repetitivos” e, por isso, não haveria mais razão para seguir com a reunião. Em resposta a Paulo Pimenta, Rosso disse que a comissão poderia ampliar o tempo inicial “até  cinco ou seis da manhã”.

22h20 - Deputados trocam acusações e xingamentos 

Os ânimos se acirraram durante pronunciamentos do deputado Silvio Costa (PTdoB-PE), quando houve troca de acusações e xingamentos. Costa havia encerrado sua fala, mas tentava falar ao microfone para responder ao presidente da comissão, deputado Rogério Rosso (PSD-DF). Foi quando Danilo Forte (PSB-CE) irritou-se e pediu que fosse iniciada a fala do próximo inscrito. Silvio Costa retrucou e xingou o colega de “um merda” e “imbecil”. Aos gritos, Danilo Forte rebateu e xingou Costa de “palhaço”. O presidente da comissão desligou os microfones, mas os deputados continuaram a trocar acusações. Foi o primeiro incidente na sessão de hoje, que estava tranquila até aquele momento.

18h49- Deputados manifestam visualmente intenção de voto na comissão do impeachment

Trinta e quatro deputados federais que participam da comissão especial do immpeachment da Câmara dos Deputados, optaram por manifestar de forma visual suas intenções de votos, já no início da sessão de debates, na tarde de hoje. Pelo levantamento da Agência Brasil, dos 34 deputados que se manifestaram dessa forma, colocando pequenos cartazes à frente de seus computadores, 23 eram favoráveis ao impeachment da presidenta Dilma Rousseff e 11 contrários.
 

17h04- Comissão do impeachment começa discutir parecer pelo afastamento de Dilma

A comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa o pedido impeachment da presidenta Dilma Rousseff, está  discutindo neste momento o parecer do relator, Jovair Arantes (PTB-GO), favorável ao prosseguimento do processo de afastamento do cargo da presidenta. Pelos critérios da comissão, que tem 65 membros titulares, um deputado falará a favor do parecer e outro contra.

16h46- Lideranças partidárias e sindicalistas fazem ato pelo impeachment em São Paulo

Lideranças do PSDB, PPS, Solidariedade e das centrais sindicais Força Sindical, UGT, CSB e CGTB realizaram hoje (8) um ato a favor do impeachment da presidenta Dilma Rousseff. O evento ocorreu no auditório da sede do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sintracon), na região central da capital paulista.

15h34- Comissão abre sessão para debater parecer do impeachment de Dilma

Começou há pouco na Comissão do Impeachment da Câmara dos Deputados sessão para debater o parecer do deputado Jovair Arantes (PTB-GO) favorável à continuidade do processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff. Até o início da tarde, pelo menos 108 parlamentares já estavam inscritos para se manifestar, além dos 25 líderes partidários que também têm direito à palavra na sessão. Cada um dos integrantes do colegiado e as lideranças terão 15 minutos e parlamentares não membros da comissão poderão falar por 10 minutos.

15h09- Impeachment: base critica rapidez da comissão, oposição diz que ritmo é normal

Após 25 dias de trabalho, a Câmara dos Deputados terá o primeiro resultado sobre o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Enquanto o ritmo de trabalho da comissão especial que analisa o pedido é celebrado por alguns parlamentares que defendem que o país está “parado”, esperando a solução da crise política, outros questionam a velocidade “diferenciada” atribuída, segundo governistas, à vontade do presidente da Casa Eduardo Cunha (PMDB-RJ), opositor declarado de Dilma.

13h42: Rosso fecha acordo, e debates vão até a madrugada de sábado

A expectativa é que todos os inscritos consigam se manifestar, mas o horário não será estendido, ainda que não haja tempo hábil, segundo informou Rosso. A discussão está prevista para ser encerrada às 3h de sábado. Pelo Regimento da Câmara, cada um dos 130 integrantes da comissão (65 titulares e 65 suplentes) tem direito de se pronunciar durante 15 minutos. Os que não integram o colegiado podem falar durante 10 minutos.

15h- Base critica rapidez da comissão, oposição diz que ritmo é normal

Enquanto o ritmo de trabalho da comissão especial que analisa o pedido é celebrado por alguns parlamentares que defendem que o país está “parado”, esperando a solução da crise política, outros questionam a velocidade “diferenciada” atribuída, segundo governistas, à vontade do presidente da Casa Eduardo Cunha (PMDB-RJ), opositor declarado de Dilma.

15h34 - Comissão inicia debate do parecer do impeachment de Dilma

Começou há pouco na Comissão do Impeachment da Câmara dos Deputados sessão de debates sobre o parecer do deputado Jovair Arantes (PTB-GO) favorável à continuidade do processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff. 

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário