Vinicius de Moraes

Imagem:

Compartilhar:

Um amor em cada coração: Centenário de Vinicius de Moraes

Criado em 17/10/13 12h20 e atualizado em 22/06/15 16h45
Por Ana Elisa Santana Fonte:Portal EBC

De um trecho de música que já ouvimos algum dia até aqueles versos de poema que aprendemos a declamar na escola. Vinicius de Moraes faz parte da história e cultura dos brasileiros e do mundo. Nascido em 19 de outubro de 1913 no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, ele teve uma vida dedicada à palavra: foi poeta, compositor, jornalista, dramaturgo, diplomata.

Exposição no Rio homenageia centenário de Vinicius de Moraes
Vinicius de Moraes (foto: Ricardo Alfieri (CC))

Neste ano, é celebrado o Centenário de Vinicius de Moraes e, para homenageá-lo, o Portal EBC apresenta o especial Um amor em cada coração, em que é possível conhecer as diversas facetas do carioca, cujos versos foram eternizados. Na página, apresentamos conteúdos multimídia que vão desde imagens de arquivo até entrevistas feitas especialmente para esta data. Você vai poder ver, também, um clipe da gravação inédita da música As Abelhas, interpretada pelo grupo Móveis Coloniais de Acaju [2]

Acesse o especial [3]

Biografia
Vinicius de Moraes iniciou a carreira como poeta e se tornou conhecido por seus poemas românticos. Mas a produção literária do autor tem também títulos que tratam de espiritualidade, boemia e críticas a problemas sociais. Mais tarde ele passou a se dedicar à música, que o projetaria para o mundo. Caracterizada por interpretações vocais intimistas, sua obra musical soma mais de 300 títulos que retratam o cotidiano, o amor e as mulheres. A música Garota de Ipanema é considerada uma das mais reproduzidas na história em todo o mundo, e é também uma das principais canções do compositor, que ao lado de Tom Jobim fez nascer faixas do álbum Canção do Amor Demais, marcando o início da Bossa Nova, no final dos anos 1960.

Moraes ajudou a disseminar a cultura brasileira enquanto, como diplomata, serviu ao Itamaraty em cidades como Los Angeles, Montevidéu e Paris. Sua grande paixão – as mulheres – também o guiou, e não só como inspiração na arte. Vinicius teve nove esposas, e por causa de uma delas morou durante quatro anos em Salvador, Bahia. A beleza da capital soteropolitana aparece em sua música, assim como as letras leves e lúdicas dedicadas às crianças nos álbuns A Arca de Noé 1 e 2.

Coordenação: Amanda Cieglinski e Anderson Falcão
Textos: Ana Elisa Santana
Produção e entrevistas: Luanda Lima, Sueli de Freitas, Davi de Castro e Adriana Franzin
Design e implementação: Alexandre Krecke
Imagens: Portal EBC e TV Brasil
Edição de vídeos: Alan Ferreira e Luanda Lima 

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia [8] Reclamação [8] Elogio [8] Sugestão [8] Solicitação [8] Simplifique [8]

Deixe seu comentário