Digite sua busca e aperte enter


Com antena de TV e mais alguns equipamentos, como modulador e amplificador, Daniel Varga ocupou um canal UHF na TV

Imagem:

Compartilhar:

Contra modelo de concessões, ativista mostra como é fácil criar um canal de TV

Criado em 02/02/13 13h37 e atualizado em 02/02/13 15h01
Por Davi de Castro Fonte:EBC

Antena de TV, Campus party
Com antena de TV e mais alguns equipamentos, como modulador e amplificador, Daniel Varga ocupou um canal UHF na TV

O "ar" pode ser considerado um bem natural voltado para todos. No Brasil, para certas finalidades, como a transmissão de ondas de radiofrequência, o assunto esbarra em uma série de normas e causa polêmica. Neste sábado, uma oficina na Campus Party discutiu o assunto e mostrou a facilidade de se criar, tecnicamente, um canal na TV aberta. 

Legalmente, os cidadãos podem ter amplo acesso como ouvintes ou telespectadores. Para a prática da transmissão das ondas no espaço eletromagnético, no entanto, é necessário uma concessão do Ministério das Comunicações. Contrário a esse modelo, o ativista do Ônibus Hacker Daniel Varga disse que a restrição acontece por interesses políticos e econômicos. "O Estado e os políticos querem controlar o que é transmitido para a população. A concessão da radiodifusão é uma forma de mascarar a censura, uma vez que só as oligarquias ganham autorização", criticou.

Com poucos equipamentos, Daniel ocupou um canal de UHF na TV durante a oficina."Esse tipo de emissora é feita para tevês comunitárias, então elas alcançam um raio muito pequeno, no máximo de 1 km". O ativista contou que as oficinas são uma forma de protesto ao modelo de concessões de radiodifusão no país. "Vamos às comunidades ensinar que é possível produzir seu próprio conteúdo e exibi-lo em seu bairro. Afinal, não existe um canal onde as minorias têm voz", disse.

Hacker Campus party
O hacker Daniel Varga deu oficina sobre como criar um canal de TV e criticou o modelo de concessões da radiodifusão brasileira

Apesar de o espectro eletromagnético ser público, ele não está disponível para todos. O estado brasileiro regula e faz as concessões para a criação de emissoras de tv e rádio. Operar sem possuir a licença é uma prática ilegal. Daniel alerta: "No Brasil isso é crime, apesar de, mundialmente, você poder fazer o que quiser com o ar que respira, com o ar ao seu redor. Aqui as concessões do ar não funcionam assim. Elas são dadas apenas a quem é de interesse".

 

Creative Commons - CC BY 3.0
Fale com a Ouvidoria

Deixe seu comentário

Publicidade