Digite sua busca e aperte enter


Satélite AESP-14 no momento do lançamento

Imagem:

Compartilhar:

Primeiro satélite brasileiro é lançado no espaço

Criado em 05/02/15 18h31 e atualizado em 08/04/15 16h49
Edição:Portal EBC*

O primeiro satélite de pequeno porte produzido no Brasil foi lançado nesta quinta-feira (5), às 10h30 (horário de Brasília), na Estação Espacial Internacional (ISS, em inglês). Batizado de AESP-14, o satélite possui dimensões de um cubo com 10 centímetros de lado e pesa aproximadamente um quilo.

O lançamento do cubesat foi feito para validar subsistemas desenvolvidos por alunos do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Após trinta minutos, um modem foi ativado para fazer a transmissão de informações de cientistas brasileiros na frequência de rádio amador. Os dez primeiros que captarem as ondas receberão um certificado de participação. 

Satélite AESP-14
Creative Commons - CC BY 3.0 - Satélite AESP-14 após o lançamento, nesta manhã - Divulgação/AEB

O objeto foi produzido em parceria entre o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e o ITA, de São José dos Campos (SP), e elaborado pelo professor e radioamador Douglas Santos (PY2DGS). Também participaram do projeto os integrantes do Clube de Radioamadores de Americana (Cram), Adinei Brochi (PY2ADN), William Schauff (PY2GN), Hamilton Horta (PY2NI), Junior Zappia (PU2LAA), João Ferreira (PY2JF), Demilson Quintão (PY2UEP) e Edson Pereira (PY2SDR).

Para investir no desenvolvimento do satélite, a Agência Espacial Brasileira (AEB) arcou com R$ 250 mil. O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) colaborou com R$ 150 mil em bolsas para pesquisas. A AEB também custeou US$ 555 mil para o lançamento do AESP-14 e do NanossatC-Br1, que já está no espaço desde o ano passado. 

*Com informações da AEB

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário