Digite sua busca e aperte enter


Compartilhar:

8 de abril: saiba mais sobre o Dia Mundial da Astronomia

Criado em 06/04/15 17h51 e atualizado em 07/04/15 17h35
Por Líria Jade Edição:Leyberson Pedrosa

O dia 8 de abril é considerado, no Brasil, o Dia Mundial da Astronomia. Existem divergências quanto à data dessa celebração. Mas, ao contrário do que se pensa, a expressão "Dia Mundial" não significa "Dia Internacional" da Astronomia. A nomenclatura de “Dia Internacional” é reservada apenas para os dias oficializados pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Há, de fato, um Dia Internacional da Astronomia. Embora não oficializado pela União Internacional Astronômica (IAU) ou pela ONU, ele é celebrado em vários países. Esse dia está ligado às fases da Lua e é, portanto, uma data móvel. 

Polêmica à parte, você sabe o que é e qual a importância da astronomia?

A Astronomia é uma ciência natural que estuda corpos celestes como estrelas, planetas, cometas, nebulosas, aglomerados de estrelas, galáxias. Esta ciência estuda também fenômenos que se originam fora da atmosfera da Terra como as radiações cósmicas. Ela está preocupada com a evolução, a física, a química, o movimento de objetos celestes e o desenvolvimento do universo. Culturas pré-históricas deixaram vários artefatos astronômicos registrados, indicando que a astronomia é uma das ciências mais antigas.

Essa ciência se divide em dois ramos: a astronomia observacional e a astronomia teórica. A primeira está focada na aquisição de dados a partir da observação, utilizando os princípios básicos da física. Já a segunda é orientada para o desenvolvimento de modelos analíticos que descrevem objetos e fenômenos astronômicos.

O desenvolvimento da astronomia moderna só aconteceu após a invenção do telescópio, quando foi possível fazer análises melhores. Os primeiros telescópios surgiram na Holanda, por volta do ano de 1600. Dez anos depois, o astrônomo italiano Galileu Galilei decidiu construir o seu próprio telescópio. O primeiro modelo tinha capacidade para ampliar em nove vezes os objetos focados.

Este tipo de ciência é um dos poucos onde a observação de amadores tem importância, já que eles atuam com muita eficiência na descoberta e estudo dos fenômenos transitórios.

Então o que você está esperando para ficar de olho no céu?

Esse conteúdo faz parte da série "De Olho no Céu" com matérias especiais sobre Astronomia.

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário