Digite sua busca e aperte enter


Mulher no computador

Imagem:

Compartilhar:

Entenda por que software livre é mais seguro

Criado em 09/07/15 14h53 e atualizado em 09/07/15 17h43
Por Davi de Castro Fonte:Portal EBC

Engana-se quem acha que quanto mais caro for o software mais seguro ele será. Especialistas que participam do 16º Fórum Internacional de Software Livre (FISL) apontam que os softwares livres – programas que dão acesso ao código fonte e permitem adaptações e que geralmente são gratuitos – são mais seguros que os softwares proprietários, aqueles que possuem o código fechado. 

Para o presidente do Serpro, Marcos Mazoni, não há dúvida de que os softwares livres são mais seguros. Ele os compara com cadeados aos quais é possível desenhar uma “chave” adequada e única. “Eu posso abrir esses códigos, saber como funcionam e construir sua segurança. Então, é uma segurança que só eu sei”, explica.

Código fechado

Já no terreno do software proprietário, a segurança é construída pelo fabricante. O código é fechado, mas quando alguém descobre suas linhas de funcionamento, elas servem para inúmeros outros usuários. “Quando eu quebro a chave de segurança, eu quebro a chave de segurança de várias aplicações que estão rodando no mundo inteiro”, diz Mazoni. O especialista acrescenta que, por esse fato, há muito mais interesse em se quebrar o código de uma única aplicação que vale para muitas outras, como no software proprietário, do que no caso do software livre.

 

Além disso, o software livre permite uma constante modificação do código fonte, reforçando a segurança a medida que for necessário.

O governo federal intensificou o uso de software livres, visando garantir a inviolabilidade dos dados, depois das denúncias do ex-analista americano Edward Snowden (saiba mais sobre o tema aqui). Com o uso de softwares privados, os dados ficam sob domínio da corporação que o fabricou. Ricardo Fritsch, da Associação Software Livre.Org, diz que esses programas “são caixas-pretas que não dão acesso ao código fonte. Portanto, não sabemos o que eles fazem com as informações (...) quem usa Outlook está pedindo para ser espionado”.

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário