Digite sua busca e aperte enter


Imagem:

Compartilhar:

Boa Esporte ganha de 3 a 0 do Guarani e é campeão da Série C

Criado em 05/11/16 21h07 e atualizado em 05/11/16 22h53
Por Edgard Matsuki

De azarão a campeão. Depois de entrar na Série C do Campeonato Brasileiro como um dos candidatos ao rebaixamento para a Série D, o Boa Esporte cresceu durante a competição e conquistou o título da Série C. O caneco veio neste sábado (05) após vitória por 2 a 0 contra o Guarani em partida disputada no Estádio do Melão, em Varginha (MG). Os gols do título foram marcados por Braian Samúdio, Felipe Matheus e Kaio Cristian.

boa_esporte_5.jpg
Boa Esporte comemora vitória em jogo tumultuado no final. Imagem: CBF

 

O jogo

Depois de empatarem por 1 a 1 na primeira partida da final, o Guarani foi à Varginha com uma dura missão: ter que derrotar o Boa e acabar com a invencibilidade de 15 jogos da equipe mineira. Já no início, a missão ficou mais difícil.

Logo aos nove minutos, depois de cruzamento pela direita, Braian Samúdio chutou colocado no canto esquerdo para abrir o placar. Aos 14 minutos, a situação do Boa ficou ainda mais confortável. Felipe Matheus recebeu de fora da área pela direita de chuta "à la Messi" no canto esquerdo. Golaço!

Depois de tomar o segundo gol, o Guarani tentou partir para cima do adversário. Na primeira etapa, o Bugre até teve algumas chances. Porém, esbarrou em erros do ataque e defesas do goleiro Daniel Luiz. Nos contra-ataques, o Boa também levou perigo, mas não conseguiu ampliar.

No segundo tempo, o Boa voltou a campo com um objetivo: esfriar o jogo e se defender. Com isso, o Guarani ficou primeiros minutos tocando a bola na intermediária do time adversário. O jogo só voltou a esquentar aos 17 minutos. E de uma forma não tão legal.

Após uma dividida em que não houve nem falta, o zagueiro Ferreira foi expulso. Em um momento de ira, ele empurrou o árbitro no chão, tentou ser segurado por companheiros e derrubou um deles e teve de ser tirado por seguranças do gramado. O jogo ficou três minutos parado.

Com um a menos, o Guarani não conseguiu esboçar nenhuma reação a mais. O Boa ainda fechou o caixão aos 47 minutos do segundo tempo. Após jogada de Tchô, a bola sobrou livre para Kaio Cristian, em seu primeiro toque na bola, marcar.

Após o jogo, houve confusão dentro e fora de campo. Torcedores do Guarani começaram a depredar o estádio. Imagens da TV Brasil mostraram uma catraca sendo arremessada das arquibancadas. Dentro do gramado, Ferreira acabou contido por policiais. Ele queria encontrar a arbitragem novamente. Tudo isso acontecia enquanto jogadores do Boa levantavam a taça de campeão.

A campanha

Depois do rebaixamento na Série B do ano passado e no Campeonato Mineiro deste ano, o Boa Esporte entrou fora da lista de favoritos na Série C deste ano. No início do campeonato, a equipe teve uma campanha irregular. Até a oitava rodada, a equipe estava na sétima posição do grupo B. Na 9ª rodada, a equipe venceu o Guaratinguetá e não perdeu mais.

Com uma campanha irretocável e sem perder mais, a equipe terminou a primeira fase acabou em segundo lugar no grupo. E, nas quartas de final, o time teve o maior desafio do campeonato. Contra o Botafogo (PB) o acesso à Série B seria decidido. E à vaga na Série B veio de forma dramática. Após empatar por 0 a 0 em João Pessoa, a equipe ganhou por 1 a 0 com um gol aos 50 minutos do segundo tempo.

Nas semifinais, o Boa entrou novamente como azarão contra o Juventude. Porém, o time enfrentou a equipe reserva do adversário (que disputava as quartas de final da Copa do Brasil) e venceu por 2 a 1 no Alfredo Jaconi. Em casa, repetiu o placar e chegou à final, onde conquistou o título em cima do Guarani.

Primeira fase

Primeiro turno

Boa Esporte 1 x 1 Tombense
Macaé 1 x 5 Boa Esporte
Botafogo-SP 2 x 0 Boa Esporte
Boa Esporte 2 x 1 Juventude
Guarani 2 x 1 Boa Esporte
Boa Esporte 1 x 1 Mogi Mirim
Boa Esporte 1 x 0 Portuguesa
Ypiranga 1 x 0 Boa Esporte
Boa Esporte 4 x 0 Guaratinguetá

Segundo turno

Tombense 0 x 1 Boa Esporte
Boa Esporte 2 x 0 Macaé
Boa Esporte 0 x 0 Botafogo-SP
Juventude 1 x 1 Boa Esporte
Boa Esporte 1 x 0 Guarani
Mogi Mirim 0 x 0 Boa Esporte
Portuguesa 0 x 2 Boa Esporte
Boa Esporte 2 x 0 Ypiranga
Guaratinguetá 0 x 4 Boa Esporte

Quartas de final

Botafogo-PB    0 x 0    Boa Esporte
Boa Esporte    1 x 0    Botafogo-PB

Semifinais

Juventude    1 x 2    Boa Esporte
Boa Esporte    2 x 1    Juventude

Finais

Guarani    1 x 1    Boa Esporte
Boa Esporte    3 x 0    Guarani

24 Jogos
12 Vitórias
7 Empates
3 Derrotas
37 Gols pró
13 Gols contra
24 Saldo de gols
Artilheiros: Ricardinho e Daniel Cruz (7 gols)

 
Creative Commons - CC BY 3.0
Fale com a Ouvidoria

Deixe seu comentário

Publicidade