Digite sua busca e aperte enter


Congresso Nacional, em Brasília (DF)

Imagem:

Compartilhar:

Brasília é a terceira capital do Brasil

Criado em 29/07/14 08h43 e atualizado em 29/07/14 12h06
Por Plenarinho - Câmara dos Deputados

Brasília, a 3ª capital do Brasil, foi inaugura no dia 21 de abril de 1960. A ideia de construir uma nova capital partiu do presidente Juscelino Kubitschek (JK), que queria povoar o centro do Brasil e também deixar a capital longe de possíveis ataques marítimos.

50 anos em 5

O presidente JK tinha um lema que era “50 anos em 5”; ou seja, ele pretendia fazer o Brasil crescer em apenas 5 anos (tempo de duração de seu mandato) o que cresceria em 50 anos. Para isso, ele tomou várias medidas, como a construção de estradas, abertura de indústrias de carro e eletrodomésticos (fogão, geladeira etc) e investimento em energia elétrica. Mas, com certeza, a “cereja do bolo”, isto é, a meta mais ambiciosa de Juscelino era a construção de Brasília.

Em 1956, o governo lançou um concurso para escolher o melhor projeto para a construção de Brasília. O ganhador foi o  urbanista Lúcio Costa, que desenhou Brasília com a forma de avião e que deu o nome de Plano Piloto. Para concretizar o projeto, foi chamado o arquiteto Oscar Niemeyer. Com os desenhos dos principais prédios prontos, trabalhadores vindos de várias regiões do Brasil, principalmente do Nordeste, começaram a construção de Brasília. No dia 21 de abril de 1960, estava pronta a terceira capital do Brasil.

Hoje, as decisões políticas mais importantes do País acontecem em Brasília, nos três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário. 

Terceira capital? E quais foram as outras?

O Brasil já trocou de capital três vezes! A primeirona foi Salvador, na Bahia. A cidade foi fundada em 1549 por Tomé de Souza, um português enviado ao Brasil para ser o primeiro governador-geral do País. Na época, o Brasil ainda fazia parte de Portugal. Os prédios de Salvador imitavam os prédios das grandes cidades portuguesas, como Porto e Lisboa (capital de Portugal).

Ouro e nova capital

Por volta de 1700, descobriram ouro na região Sudeste. Com isso, várias pessoas começaram a migrar para as cidades da região, principalmente para o Rio de Janeiro. Porém, a grande riqueza da região causou a cobiça de outros países. Em 1711, uma esquadra com 17 navios e 6 mil homens franceses invadiu o Rio de Janeiro e levou tudo! Com medo de novos roubos, o governo português decidiu, em 1793, transferir a capital de Salvador para o Rio de Janeiro - para poder tomar conta da cidade mais de perto e evitar novas invasões.

Em 1808, chega ao Brasil a corte portuguesa comandada por Dom João. Esse fato ajudou o Rio a se modernizar e se consolidar como coração (político, econômico e cultural) do Brasil. Porém, já nesse período, José Bonifácio de Andrade defendia que o Brasil deveria ter uma capital no interior do País para garantir a segurança da corte contra possíveis ataques marítimos.

No entanto, esse desejo só foi realizado mais de cem anos depois, com a inauguração da moderna Brasília.

Capital estrangeira

Os portugueses chegaram aqui em 1500. Salvador, primeira capital do Brasil, só foi inaugurada em 1549, ou seja, 17 anos depois da chegada dos portugueses. Nesse período, como fazia parte do império português, a capital do Brasil ficava na cidade de Lisboa, lá em Portugal!

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário