Digite sua busca e aperte enter


Cerimônia de Formatura de 2583 Alunos do PRONATEC em BH

Imagem:

Compartilhar:

Pronatec é a ponte entre a empresa e o trabalhador qualificado, aponta Dilma

Criado em 27/08/13 17h25 e atualizado em 27/08/13 20h34
Por Heloisa Cristaldo Edição:Aécio Amado Fonte:Agência Brasil

Cerimônia de Formatura de 2583 Alunos do PRONATEC em BH
Presidenta Dilma Rousseff entrega ao aluno Alexis Gonçalves Cruz, certificado de conclusão do curso durante cerimônia de formatura de alunos do PRONATEC, hoje (27/08), em Belo Horizonte (MG). (Roberto Stuckert Filho/PR)

Brasília – O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi apontado hoje (27) pela presidenta Dilma Rousseff, durante a cerimônia de formatura de 2,6 mil alunos do programa, em Belo Horizonte, como a ponte entre o trabalho e o profissional qualificado no país.

Leia mais notícias sobre educação

“No Brasil, precisamos ter cada vez mais qualificação no trabalho. Nós sabemos que o trabalho não especializado tem um limite. Sobrava trabalhador e faltava trabalhador [especializado]. O Pronatec é como se fosse uma ponte entre a necessidade que as empresas têm de trabalho especializado e o Brasil tem de emprego”, disse.
Dilma Rousseff citou ainda a taxa de desemprego no Brasil como uma das menores no mundo. Segundo dados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) divulgada pelo pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o país registrou 5,6% no índice de desemprego no mês de julho.
“O professor junto com a escola, mais o aluno é a equação que resolve o problema de longo prazo do nosso país. O Pronatec é um dos programas estratégicos do governo, o caminho para que os jovens tenham emprego de qualidade. Ninguém aqui com emprego de qualidade vai ficar desprovido na sua vida”, ressaltou.
Durante o discurso, a presidenta voltou a falar que a destinação dos royalties do petróleo para investimentos em educação será fundamental a fim de garantir melhorias na estrutura das unidades de ensino, qualificação e remuneração dos professores.
Dilma Rousseff disse ainda que os recursos do petróleo do pré-sal a serem investidos em educação devem chegar a R$ 112 bilhões em 35 anos. No último dia 19, a presidenta declarou que os mesmos recursos adicionais chegariam ao setor em dez anos.
Na cerimônia, receberam o certificado de conclusão os alunos de 44 cursos, entre eles tecnologia da informação, comunicação em inglês e serviços turísticos de recepção.
Ainda na capital mineira, a presidenta participou da inauguração de uma unidade do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB).
 

Edição: Aécio Amado

Creative Commons - CC BY 3.0
Fale com a Ouvidoria

Deixe seu comentário

Publicidade