Digite sua busca e aperte enter


Condenados da Ação Penal 470, trazidos pelo avião da Polícia Federal (PF), foram levados para o complexo penitenciário da Papuda, no Distrito Federal

Imagem:

Compartilhar:

PGR dá parecer favorável à transferência de Cristiano Paz para Belo Horizonte

Criado em 19/11/13 20h11 e atualizado em 19/11/13 20h51
Por Agência Brasil Edição:Marcos Chagas Fonte:

Complexo da Papuda
Cristiano Paz está preso na Penitenciária da Papuda, em Brasília (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Brasília – A Procuradoria-Geral da República (PGR) enviou hoje (19) ao Supremo Tribunal Federal (STF) parecer favorável à transferência de Cristiano Paz, condenado a 17 anos e oito meses de prisão na Ação Penal 470, o processo do mensalão, para Belo Horizonte (MG). Paz e os demais réus que tiveram a prisão decretada pelo presidente do STF, Joaquim Barbosa, estão presos, em regime fechado, na Penitenciária da Papuda, em Brasília.

Leia também:

Defesa pede ao STF que Genoino seja transferido para SP

Marco Aurélio critica transferência de condenados no mensalão para Brasília

Simone Vasconcelos pede ao STF transferência para Belo Horizonte

Na primeira manifestação da PGR a favor da transferência de um preso condenado no processo do mensalão, a vice-procuradora-geral da República, Ela Wieko, disse que Cristiano Paz tem direito de cumprir a pena próximo da família e de amigos. "Conclui-se que as melhores condições para a reinserção social do apenado serão obtidas através do cumprimento da pena em local próximo à residência de sua família e amigos, o que possibilita também o pleno exercício do direito de visita”, ressaltou a procuradora.

Além de Paz, seis réus foram transferidos de Belo Horizonte para Brasília no sábado (16) e também podem pedir para cumprir a pena na capital mineira: José Roberto Salgado, ex-vice-presidente do Banco Rural; o publicitário Marcos Valério; Kátia Rabello, ex-presidenta do Banco Rural; o ex-deputado federal Romeu Queiroz (PTB-MG); Ramon Hollerbach,ex-sócio de Valério e Simone Vasconcelos, ex-funcionária de Valério.;

Dois réus se entregaram em São Paulo: o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, e o ex-presidente do PT e deputado federal (SP) José Genoino. Eles também pediram para cumprir pena nas suas cidades de origem.

Edição: Marcos Chagas

 

 

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário