Digite sua busca e aperte enter


Encontro Nacional pela Mata Atlântica, conhecido como Viva a Mata, ocorre às vésperas do Dia Nacional da Mata Atlântica, em 27 de maio. A situação das bacias e rios do bioma deve entrar nas discussões

Imagem:

Compartilhar:

Estrada do Corcovado será restrita ao transporte de visitantes ao Cristo e Parque da Tijuca

Criado em 06/01/14 20h49 e atualizado em 06/01/14 21h23
Por Cristina Indio do Brasil Edição:Aécio Amado Fonte:Agência Brasil

Rio de Janeiro - A Estrada das Paineiras, um dos caminhos que levam ao Cristo Redentor, será fechada ao tráfego de veículos, exceção aos que transportam turistas. A via será transformada em área de lazer até o dia 9 de março. A medida foi tomada hoje (6) em mais uma reunião para tentar normalizar o transporte para o Corcovado.

Leia mais notícias

O encontro foi no Centro de Operações da Prefeitura do Rio, entre o secretário municipal de Turismo, Antonio Pedro Figueira de Mello, o presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade(ICMbio), Roberto Vizentim, e representantes de vários órgãos envolvidos nas atividades do Parque Nacional da Tijuca onde se localiza o Cristo Redentor.

Roberto Vizentim disse que esse esquema já é feito nos fins de semana, mas agora valerá para todos os dias. “O acesso ao local será exclusivo às vans que levam visitantes do Cristo que compram ingressos nos postos de venda, como no Largo do Machado, e para aqueles que usam os veículos de empresas cadastradas de hotéis ou que pegam os turistas nos navios”, explicou em entrevista à Agência Brasil.

Outra decisão foi envolver órgãos da prefeitura como a Guarda Municipal e a Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio (Cet-Rio), para ordenar a área no entorno do Corcovado. O objetivo é facilitar a vida de cariocas e turistas que vão ao Corcovado. Também ficou definido no encontro que o ICMBio solicitará às concessionárias responsáveis pelas vans e pelo trenzinho que apresentem nas próximas semanas alternativas para a melhoria do serviço de transporte de acesso ao Cristo.

Roberto Vizentim informou que o grupo volta a se reunir na quarta-feira (15) da próxima semana. A ideia é manter periodicamente as reuniões. “A gente vai voltar a se reunir para avaliar a evolução da situação para diminuir sacrifícios desnecessários dos visitantes. Queremos manter uma sala de situação para acompanhar as operações do sistema de atendimento no Corcovado”, explicou. 

Ele disse ainda que serão intensificadas campanhas para incentivar a compra antecipada de ingressos para o Corcovado. “Para evitar as filas imensas. Na medida que for melhorando a oferta desse serviço pela internet e por outros pontos na cidade, o desejável é que não se venda ingressos nas Paineiras, ou que se venda apenas o residual. Isso ordena a visitação. Está previsto também a visita com horário marcado. A pessoa não precisa ficar em uma fila três horas para quando chegar ao balcão descobrir que não tem ingresso”, ressaltou.

Roberto Vizentim destacou ainda que a capacidade de acolhimento de pessoas no Corcovado é limitada e não pode ultrapassar a 1.300 por hora. “As pessoas chegam sempre motivadas em contemplar o Cristo e o Rio de Janeiro lá de cima e se deparam com isso. Tem muito mais gente do que capacidade de entrada. Então precisamos ampliar a divulgação para a compra antecipada de ingressos”, explicou.

Para o diretor do ICMbio, o conjunto de medidas anunciado hoje nas reuniões feitas para tratar da normalização dos serviços de visitas ao Corcovado pode impedir que se repitam situações como a registrada na noite de sexta-feira (3), quando visitantes ficaram impedidos de descer do Cristo por causa de pane no sistema de trens. “Isoladamente não [vão impedir], mas associadas como a medida que todos os trens tenham um mecânico e equipamentos básicos no kit emergência e a observação rígida de funcionamento do trenzinho, tudo isso contribui para evitar situações lamentáveis como àquela”, disse. 

Apesar disso, Roberto Vizentim acredita que a melhora integral dos serviços só vai ocorrer quando começar a nova operação e modernização do sistema. Isso ainda depende da divulgação do edital de licitação para a escolha da empresa que vai operar os trens. Esta semana uma reunião na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) vai definir a data da audiência de apresentação do edital que na sequência entrará em consulta pública durante 30 dias. “Até o fim de janeiro o edital estará na praça e até maio, conforme o cronograma, teremos a conclusão com a escolha da vencedora”, declarou.

Órgão subordinado ao ministério do Meio Ambiente, o ICMbio é responsável pela gestão do Parque Nacional da Tijuca e poder concedente dos transportes no local, incluindo as vans e o trenzinho do Corcovado.

 

Edição: Aécio Amado

 

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário