X

Digite sua busca e aperte enter


Plenário da Câmara dos Deputados

Imagem:

Compartilhar:

Eleições 2014: saiba como ficou a nova composição da Câmara dos Deputados por partido

Criado em 06/10/14 14h55 e atualizado em 05/01/15 09h21
Por Renata Martins* Fonte:Portal EBC

No último domingo (5), os brasileiro elegeram a nova bancada da Câmara Federal, renovada em 46,39%. Entre os 513 deputados federais eleitos, que tomarão posse em 1º de fevereiro de 2015, 238 são novos parlamentares e 275 foram reeleitos. Nas listas das maiores bancadas da Câmara, os partidos da atual presidenta e candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT) e de seu vice, Michel Temer (PMDB) permanecem na liderança em número de representantes, mas as siglas perderam cadeiras no legislativo federal. O PT, maior bancada, perdeu 18, elegeu 70 deputados, 20,45% a menos que a bancada atual, de 88 deputados. O PMDB, atualmente com 72 deputados, elegeu 66, cinco a menos.

Confira cobertura completa das eleições 2014

Conheça a lista de deputados federais eleitos

Confira "puxadores de voto" que ajudaram a eleger outros candidatos em 2014

O PSDB, partido de Aécio Neves, que na autal legislatura é a quarta bancada (44 deputados), cresceu 22,73%, e será a terceira maior força em 2015, com 54 deputados. O PSB, partido de Marina Silva, pulou de 24 para 34 representantes, cresceu 41,67% e estará entre as seis maiores forças na Câmara. Os dois partidos ganharam dez deputados cada um.

Mas entre os partidos que tiveram candidato à Presidência da República, foi o Psol o que proporcionalmente mais cresceu: 66,67%. A sigla de Luciana Genro elegeu 5 deputados nessas eleições, dois a mais que os três parlamantares da atual legislatura. Se numericamente foi o PT a sigla que mais perdeu deputados, 18, o Pros reduziu sua bancada em 45%, percentualmente a maior queda. O partido que mais cresceu foi PRB, que pulou de 10 para 21 deputados, um crescimento de 110%.

 

Houve aumento, ainda, na quantidade de partidos com representação na Câmara. Das 32 siglas com registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 28 terão representação, atualmente são 22 partidos. Seis legendas que não tinham representação na Câmara, por sua vez, passaram a ter. O PRTB, de Levy Fidelix, elegeu um parlamentar e o PSDC, de Eymael, elegeu dois. Completam a lista: PHS, PTN, PTC e PSL. Ficaram de fora, PSTU, PCB e PCO (que tiveram candidatos à Presidência da República), além do PPL.

Outra bancada que cresceu foi a feminina, o número de deputadas passou de 47 para 51. Em 2015, o percentual de mulheres ainda será pequeno, 9,94% do total de parlamentares na Câmara Federal.

*Com informações do Diap

Creative Commons - CC BY 3.0
Fale com a Ouvidoria

Deixe seu comentário