Digite sua busca e aperte enter


Compartilhar:

Como é o atual calendário eleitoral?

Criado em 09/07/13 18h48 e atualizado em 11/07/13 18h07
Por Noelle Oliveira e Léo Rodrigues Fonte:Portal EBC

A pauta de Reforma Política ganhou destaque na agenda nacional desde que a presidenta Dilma Rousseff propôs, no dia 24 de junho, um plebiscito para debater o tema. O Portal EBC apresenta alguns pontos que poderão ser discutidos, com base em um levantamento que considerou três elementos: propostas apresentadas pelo Executivo, projetos em tramitação no Legislativo e posições oficiais de partidos políticos e parlamentares.

Conheça as propostas para a Reforma Política

De acordo com o calendário eleitoral brasileiro, há eleições de dois em dois anos. As eleições gerais – aquelas que ocorrem simultaneamente em todo o país – abrangem a escolha de presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador dos estados e do Distrito Federal, senadores, deputados federais, estaduais e distritais. Com dois anos de diferença, por sua vez, ocorrem as eleições que escolhem os prefeitos e vereadores dos municípios.

 

Quais são as propostas em debate para o calendário eleitoral?

1) Apenas um data para todas as eleições

Uma só eleição coincidente para todos os cargos, a cada quatro anos. Para tanto seriam necessários ajustes pontuais em um primeiro momento.

Saiba mais:

 

Creative Commons - CC BY 3.0
Fale com a Ouvidoria

Deixe seu comentário

Publicidade