Digite sua busca e aperte enter


O ministro do Supremo Tribunal Federal  (STF) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Antonio Dias Toffoli, defendeu a necessidade de definir regras para o período pré-eleitoral

Imagem:

Compartilhar:

Presidente do TSE recomenda que eleitor não troque voto por favores

Criado em 03/10/14 20h21 e atualizado em 05/01/15 09h35
Por André Richter Edição:Nádia Franco Fonte:Agência Brasil

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Dias Toffoli, recomendou hoje (3) que o eleitor exerça seu voto de maneira livre e consciente no próximo domingo (5), primeiro turno das eleições. Em pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão, Toffoli pediu também que o eleitor não venda seu voto ou troque por favores.

“Neste domingo, quem é o dono do poder é você, eleitora, é você, eleitor. Exerça seu voto de maneira livre e consciente. Não troque o seu voto por favores. Não venda o seu voto. Isso é crime. É necessário que o eleitor tenha consciência de que, neste dia, 5 de outubro, nós estaremos decidindo o destino do nosso país”, afirmou Toffoli.

Veja também no Portal EBC:

Brasil faz a maior eleição informatizada do mundo

TSE lança aplicativo para eleitor acompanhar resultado das eleições

O ministro disse também que a Justiça Eleitoral garantirá a segurança do pleito, da urna eletrônica e o sigilo do voto.

“O voto é um momento de igualdade de todos os brasileiros e, para isso, a Justiça Eleitoral está organizada no Brasil, por meio de seus tribunais, juízes, servidores e de mais de 2 milhões de mesários que estarão domingo recebendo o seu voto, garantindo que seu voto seja secreto. Só você tem o direito de saber em quem votou. E também garantindo que o voto dado na urna eletrônica será o voto computado”, acrescentou.

No pronunciamento, o presidente do TSE pediu que o eleitor reflita sobre a importância das eleições e escolha seus candidatos com tranquilidade.

”Neste domingo, você estará decidindo o destino do país para os próximos quatro anos. É um momento de extrema responsabilidade. Reflita. Vá com tranquilidade à sua seção eleitoral e exerça o seu direito de votar naquele que você entenda ser o melhor, aquele que você entenda ser quem mereça a dignidade do seu voto”, concluiu.

Editora: Nádia Franco

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário